Home - Convergência Digital

Na era dos Robôs, um quinto da força global de trabalho vai desaparecer

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 04/12/2017

Cerca de 800 milhões de trabalhadores em todo o mundo podem perder seus empregos para robôs até 2030, de acordo com o relatório da McKinsey & CO, consultoria empresarial. Isso equivale a mais de um quinto da atual força de trabalho global.

O estudo da consltoria abrange 46 países e mais de 800 cargos, e tantos os países desenvolvidos como os emergentes serão impactados. De operadores de máquinas, funcionários de fast-food até funcionários de back-office, muitas funções serão afetadas pela automatização do trabalho.

Mesmo que o aumento do uso dos robôs aconteça de forma gradual, cerca de 400 milhões de trabalhadores em todo o mundo deverão ser substituídos por máquinas dentro de 13 anos, sustenta a consultoria e nessa leva há profissionais de TI. Mas a mudança será gradual.

Apenas 5% das ocupações atuais devem ser completamente automatizadas se a tecnologia de ponta de hoje for amplamente adotada, enquanto que em 60% dos postos de trabalho, um terço das atividades será automatizada. Mas, de acordo ainda com a pesquisa, da mesma forma como aconteceu no passado, a tecnologia não se mostrará inteiramente destrutiva. Novos empregos serão criados e os cargos existentes serão redefinidos.

Os pesquisadores da McKinsey lembram que a automação não é um fenômeno novo e citam a conclusão de um estudo publicado nos anos 1960 que diz que a "tecnologia destrói empregos, mas não o trabalho." Como exemplo, eles lembram o efeito do computador pessoal nos Estados Unidos nos anos 1980, que levou a criação de 18,5 milhões de novos empregos. 


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/07/2018
A IA vai virar a economia de "cabeça para baixo" como um tsunami!

03/07/2018
Brasil perdeu o direito de errar com a formação dos jovens

14/06/2018
STJ começa a usar inteligência artificial em processos

08/05/2018
Oi expande uso de chatbot para o facebook messenger

01/05/2018
Michael Dell: "Não há homens ou máquinas. Os dois só sobrevivem juntos"

27/04/2018
Negócios gerados por inteligência artificial crescem 70% e superam US$ 1 trilhão

26/04/2018
Bradesco passa a usar WhatsApp como canal de relacionamento com cliente

23/04/2018
Inteligência Artificial deixa de ser hype, mas sofre com a lacuna de talentos

02/04/2018
Haroldo: o robô especialista em defesa do consumidor

22/03/2018
NVIDIA e Data H criam primeiro curso gratuito em Inteligência Artificial no Brasil

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como a expatriação fortalece empresa e funcionários?

Por MarcosSantos*

O processo, que consiste em enviar profissionais para trabalhar na unidade da mesma empresa em outro país, promove uma troca de conhecimento entre a equipe da unidade estrangeira e novo colaborador, uma experiência enriquecedora de ampliação de  expertises e de uma nova atmosfera de trabalho.

Destaques
Destaques

Brasileiro revela pavor de perder o emprego

Estudo da Confederação Nacional da Indústria mostra que os profissionais brasileiros nunca ficaram tão preocupados com o emprego quanto agora. Sentimento cresce entre os homens, mas são as mulheres as mais assustadas com a possibilidade de demissões.

Profissional do futuro simplesmente não existe

A advertência foi feita pela futurista Lala Deheinzelin, criadora do movimento "Crie Futuros". Segundo ela, já não se pode mais pensar em uma profissão ou em um profissional. É preciso imaginar células, cada uma com sua capacidade. A união de todas elas é que será, de acordo com a especialista, capaz de nos levar a um mundo desejável.

Flexibilização no trabalho: prática bem longe da realidade no Brasil

Pesquisa mostra que 75% dos brasileiros ainda trabalham no formato tradicional: no escritório e no horário comercial. Estudo mostra ainda que 58% das empresas não fornecem recursos suficientes para viabilizar o home office.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site