Home - Convergência Digital

WhatsApp consome menos dados. Messenger vence em vídeo

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 14/11/2017

A Proteste, entidade de defesa dos consumidores, fez um teste para avaliar aplicativos de mensagens que também fazem chamadas de voz. A pesquisa avaliou o consumo de dados, a demora para completar as ligações, a qualidade das chamadas de vídeo e o uso de criptografia. 

Segundo a entidade, o Whatsapp foi o app que apresentou o menor consumo de dados, tanto em versões Android como iOS. “Dos aplicativos avaliados, o Whatsapp foi o que menos consumiu dados nessa função tanto no Android quanto no iOS. Em um mês, por exemplo, ao falar todo dia durante 30 minutos, o consumidor gasta do seu pacote de dados 264 megabytes (MB) no Android e 300 MB no iOS”, afirma a Proteste. 

Diz ainda o estudo que “na qualidade da chamada, o Viber (Android) se destacou, por ter pouco retorno de voz no 3G e no 4G, e no Wi-Fi não mostrou atraso. O pior avaliado foi o Hangout (Android), que teve retorno e atraso na voz visíveis no 3G, 4G e no Wi-Fi. Já no iOS, todos foram considerados bons, em especial, o Facetime.

A avaliação da entidade é de que “a diferença de gasto é sutil entre as tecnologias 3G e 4G ou até mesmo no Wi-Fi em uma ligação por voz. A diferença só será sentida caso a conversa seja muito longa”. Há também maior consumo quando são chamadas de vídeo. 

“Para realizar ligações por vídeo, a melhor opção é o Messenger no Android, que apesar de apresentar som baixo, teve pouco atraso na voz e na imagem. No iOs, o Facetime fez a diferença, mais uma vez, com quase nenhum atraso e boa qualidade de imagem”, diz a Proteste.

O levantamento avaliou também a demora para a chamada ser iniciada após apertar o botão ‘ligar’ com o aplicativo aberto no celular que vai receber a ligação. O Hangout (iOS) se saiu pior, porque levou mais de cinco segundos chamar, mesmo fazendo barulho sonoro de estava chamando. O Google Duo (Android e iOS), WhatsApp (iOS), Messenger (iOS) e Facetime (iOS) foram os melhores avaliados, com menos de 3 segundos. 

Já quando os aplicativos estão fechados, que é a situação mais comum, a ligação demora mais tempo. O Skype levou 13 segundos no Android e 9 segundos no iOS. A média geral dos aplicativos aumentou e poucos conseguiram manter o toque no mesmo tempo do app aberto.  

Entre os aplicativos analisados, a Proteste destacou que Skype e o Viber oferecem ligações para telefones fixos e móveis, por isso exigem pagamento desses serviços. Mas em geral os aplicativos precisam apenas dos dados da franquia de internet para funcionar.

Finalmente, o levantamento apontou que Hangout e Skype não oferecem criptografia das mensagens de ponta-a-ponta e “por isso foram considerados ruins”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2018
Marcio Mattos assume comando da empresa nacional M2M Solutions

12/06/2018
Liga de futebol da Espanha usa celulares para espionar transmissão de jogos

11/06/2018
Netflix, Spotify e Deezer são os serviços mais acessados no smartphone

28/05/2018
Apps de e-gov não pedem consentimento e coletam mais dados do que precisam

11/05/2018
Governo adota aplicativo para fiscalizar e agilizar obras

07/05/2018
Brasileiros buscam smartphones entre R$ 700 a R$ 1.220,00

03/05/2018
TIM fecha com You Tube, amplia uso das OTTs e libera VoIP ilimitado

27/04/2018
Rio vai cobrar 1% das corridas de Uber, Cabify e demais apps

24/04/2018
Simsimi: app é proibido no Brasil depois de Inteligência Artificial não funcionar como deveria

24/04/2018
Streaming já representa 38% do faturamento da indústria musical

Destaques
Destaques

Brasileiro cada vez mais assiste TV conectado à Internet

Pesquisa mostra que 46% dos entrevistados disseram que 'sempre' navegam na Rede enquanto assistem televisão. O smartphone é o dispositivo mais usado para navegar na Internet.

Celular é o meio mais usado para as transações bancárias

Pesquisa Febraban mostra que no mobile banking, as transações pularam de 18,6 bilhões para 25,6 bilhões, um incremento de quase 40%. Já as feitas pela Internet registraram pequeno crescimento passando de 15,5 bilhões para 15,8 bilhões em 2017.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A grande oportunidade da IA no negócio do carro conectado

Por: Eduardo Prado *

Os dados do seu carro vão valer ouro e não falta muito para isso, antecipa o consultor Eduardo Prado, em artigo exclusivo ao portal Convergência Digital.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site