Home - Convergência Digital

Melhores 4G do mundo se estabilizam em 45 Mbps

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 01/11/2017

O 4G vai se espalhando pelo mundo com redes que gradativamente aumentam a disponibilidade efetiva da tecnologia mais nova. Mas a maturidade sugere que o LTE tem um pico de desempenho cotidiano por volta dos 45 Mbps. O Brasil não faz feio no ranking mundial e apresenta uma média de 20 Mbps. Mas fica longe dos melhores com disponibilidade abaixo de 60% do tempo. 

Os dados são do relatório semestral da britânica Opensignal, com base em 50 bilhões de medições feitas em 3,8 milhões de smartphones em julho, agosto e setembro, divulgados nesta quarta-feira, 01/11. Dos 77 países analisados, apenas 20 tem 4G em mais de 80% do tempo. E agora 50 estão acima da marca de 70%, quando eram apenas 33 na medição feita há seis meses. 

Nesse quesito, o Brasil fica mais para o pé do ranking, em 67º. Na média, o LTE só é mesmo utilizado 59,31% do tempo. Vale a menção de que no relatório de junho, da mesma Opensignal, Tim e Vivo figuraram já um pouco acima dessa marca (65% e 62%).  .

Quando o 4G está disponível, no entanto, o Brasil aparece com desempenho acima da média dos países analisados. No geral, o 4G tem velocidade média de 16,6 Mbps. No Brasil, que figura como 42 dos 77 nesse quesito, ela é maior, de 20,34 Mbps.  

O destaque do relatório da Opensignal fica para a aparente estabilização das altas velocidades. Entre os mais rápidos, até um leve recuo. Em junho, 14 países tinham velocidades médias de download em 4G em 30 Mbps. Agora esse número é 13. E dos 45 países que há seis meses tinham conexões de 20 Mbps ou mais, só 42 permanecem. 

Diz o relatório que “os países no topo, Cingapura, Coreia, Noruega e Hungria, mantiveram expressivas velocidades acima de 42 Mbps. Mas se há um ano as velocidades do 4G cresciam consistentemente mundo afora, agora parece que elas estancaram.”

Segundo o relatório, os números indicam que a velocidade média está sendo afetada pela massificação do uso. O exemplo que ilustra esse ponto é do Japão. Por lá, o 4G é a tecnologia usada em 94% do tempo nas conexões móveis, mas o uso generalizado deixou a velocidade média em 25 Mbps. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/10/2018
4G está presente em 4164 municípios do Brasil

24/09/2018
4G já representa 42% do mercado móvel em todo o mundo

12/09/2018
4G: Belo Horizonte tem melhor cobertura, Porto Alegre maior velocidade

04/09/2018
Cobertura 4G cresce 44% em um ano e chega a 4122 municípios

30/08/2018
4G muda o perfil do consumidor e linhas pós-pagas chegam a 40%

07/08/2018
4G em 700 Mhz está liberado em todas as capitais

03/08/2018
Claro avança no 4G para chegar à TIM e à Vivo

01/08/2018
4G já alcança metade dos celulares no Brasil

01/08/2018
Vivo chega com VoLTE em 10 cidades

23/07/2018
Anatel libera uso da faixa de 700 MHz na cidade de São Paulo

Destaques
Destaques

FCC, dos EUA, impõe ‘Lei das Antenas’ para acelerar redes 5G

Regra aprovada pelo regulador dos Estados Unidos prevê entre 60 e 90 dias como prazo máximo para licenças de instalação de equipamentos, em especial, para as small cells. Lá também há burocracia e o prazo de espera pode chegar a um ano. No Brasil, a situação não é diferente.

BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

São 23 projetos que propõem soluções de Internet das Coisas para cidades, 17 para saúde e 14 para campo. Juntos, envolvem investimentos de R$ 360 milhões. Banco vai selecionar, até outubro, as empresas que vão receber empréstimos não reembolsáveis.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site