NEGÓCIOS

Microsoft mata Windows Phone e fracassa, mais uma vez, em Telecom

Ana Paula Lobo* ... 10/10/2017 ... Convergência Digital

A Microsoft jogou a toalha e abandonou o desenvolvimento do sistema operacional para dispositivos móveis. Oficialmente, o vice-presidente de sistemas da Microsoft, Joe Belfiore, confirmou a 'morte' do Windows Phone. “É claro que vamos continuar suportando a plataforma com soluções de bugs, updates de segurança, etc. Mas criar novos recursos e aparelhos não é o foco”, afirmou o executivo em seu perfil no Twitter.

Não é a primeira vez que a Microsoft tem de recuar no setor de Telecomunicações. A empresa, mesmo tendo feito um investimento bilionário na Nokia, não consegue romper a barreira do setor de telecom. Na primeira iniciativa, Microsoft e Intel não conseguiram fabricar os chipsets para os terminais. Agora, a Microsoft não avança no mercado de sistema operacional móvel.

Antes de a Microsoft abandonar o seu sistema operacional móvel, os fabricantes de terminais já tinham abandonado a produção de aparelhos. A mais recente a dizer isso foi a HP. Recentemente, o Windows 10 Creators Update cortou 40% dos donos de aparelhos Windows Phone de upgrades, e a Microsoft revelou “receita insignificante dos celulares” após anos demitindo ex-funcionários da Nokia. A Microsoft perdeu, agora, a disputa para a rival Google, com o Android, e para a rival Apple, com o iPhone.

*Com agências de notícias


Cloud Computing
Ericsson: 60% dos projetos de big data analytics ainda falham

Para Paulo Zambroni Junior, head de soluções e serviços da Ericsson, este é um número médio. "Estima-se que em alguns setores o índice de projetos que fracassam ou não atingem o potencial previsto chegue a 85%", diz.

PowerEdge MX - Conteúdo Patrocinado Dell EMC - Convergência Digital
Dell quer acelerar migração de blades por transformação digital

Com o Dell EMC PowerEdge MX, a fabricante se dispõe a levar as aplicações críticas para o ambiente aberto e x86. Objetivo é acelerar a mudança do parque de TI dos blades não apenas na própria base, mas avançar na carteira dos concorrentes, revela Raymundo Peixoto, vice-presidente de Soluções de Data Center da Dell EMC América Latina.

Empresas nacionais de software contábil se unem e criam a Joint Venture

SCI, Tron, Mastermaq, Fortes e a empresa de sistemas de gestão ERP na nuvem Omie seleram um acordo para criar a Joint Venture, que entra em operação no começo de 2019, com aporte de R$ 40 milhões.

Uber pagará R$ 500 milhões para encerrar caso de vazamento de dados de 57 milhões de usuários

Empresa vai pagar a 50 Estados norte-americanos para por um ponto final no caso, que aconteceu em 2016, mas só foi revelado no final de 2017.  Os dados de 196 mil brasileiros também vazaram. O valor acertado é o maior da história.

Demora do INPI deixa marca iPhone grátis para Apple no Brasil

Sete anos antes da fabricante americana lançar o aparelho, brasileira Gradiente pediu registro da marca no Brasil. INPI, no entanto, só concedeu o registro em 2008.

BRPhotonics: sem dinheiro, morreu o sonho de fazer chip no Brasil

Ativos da companhia foram vendidos para três empresas. Os R$ 15 milhões aportados pela FINEP não sustentaram o negócio.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G