INTERNET

Magazine Luiza amplia e-commerce e adota descontos progressivos

Convergência Digital* ... 06/10/2017 ... Convergência Digital

A varejista Magazine Luiza entrou em mais um ramo de atuação. A partir deste mês de outubro, o e-commerce da companhia passa a competir também no segmento de mercado - com produtos para cuidados com o cabelo, higiene pessoal, cuidados do corpo, cuidados com a roupa, limpeza da casa, cuidados do bebê e ainda itens como cápsulas de café, fórmulas infantis, achocolatados etc.

A atuação na nova área será toda feita pela Magalu, com estoque e distribuição própria. "Esse é um segmento que vemos muitas oportunidades", afirma Eduardo Galanternick, diretor-executivo de e-commerce do Magazine Luiza. "Nossa logística é reconhecidamente umas das melhores do Brasil e agilidade na entrega é diferencial para este segmento."

A Magalu aposta nos baixos preços para compras de mais itens. Quão mais unidades o cliente comprar, maior será o desconto nos produtos. "Esse é um segmento ainda pouco explorado no comércio eletrônico e vamos subir a barra do serviço para a categoria", diz Galanternick.

Outro diferencial do segmento Mercado dentro do Magazine Luiza será a opção de retirar o produto em uma das lojas da rede - que tem 814 pontos distribuídos pelo Brasil. Com essa opção, a entrega é feita em até dois dias úteis com frete grátis.

O e-commerce é central na estratégia do Magazine Luiza. Hoje, o site da companhia já responde por 30% do faturamento - operando sempre com lucros trimestrais. Recentemente, o Magazine Luiza inaugurou seu marketplace, que fez o número de produtos ofertados no site subir de 80 mil para 550 mil itens.


Índia multa Google em R$ 70 milhões por abuso de posição dominante

Comissão de Competição do país entendeu que o motor de buscas favorecia seus próprios sistemas comerciais nos resultados das pesquisas. 

CCJ do Senado aprova projeto que exige consentimento para grupos em redes sociais

PLS 347/16 prevê que aplicações como Facebook, Whatsapp ou Telegram precisam de anuência prévia dos usuários para a criação de novos grupos.

Senador quer cadeia para ‘fake news’, mas só as divulgadas na Internet

Projeto de lei de Ciro Nogueira (PP-PI) prevê reclusão de um a três anos se a notícia falsa for publicada na rede mundial. Se for na televisão ou em jornais impressos, a pena é menor e em regime aberto. TSE chama Google, Twitter e Facebook para conversar.

Pequenos provedores puxam mercado e banda larga fixa cresce 7,15% em 2017

Os ISPs responderam por mais de dois terços do crescimento no número de conexões e viram fatia de mercado passar de 10,9% para 14,6% no Serviço de Comunicação Multimídia. 

Metalúrgica reduz R$ 1 milhão/ano em consumo de água com Internet das Coisas

CBA (Companhia Brasileira de Alumínio) investiu em tecnologia para monitorar o consumo de água e reduziu o consumo de 3.146 para 52 metros cúbicos por mês.

Revista Abranet 23 . dez 2017 - jan/fev 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 Qual é a fórmula do sucesso? Boas práticas aplicadas por corporações bem-sucedidas sugerem um caminho a seguir. Entrevista com Tadao Takahashi. Discussão sobre a lei de proteção de dados avança. E mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G