TELECOM

STJ rejeita novo pedido da Anatel para ficar fora da assembleia da Oi

Luís Osvaldo Grossmann ... 03/10/2017 ... Convergência Digital

A Advocacia Geral da União vai recorrer da decisão do Superior Tribunal de Justiça, que barrou (mais um) pedido para que as dívidas da Oi com a Anatel ficarem de fora da recuperação judicial da operadora. Para o STJ, agência usou um recurso indevido para questionar o que já fora decidido pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, onde corre a recuperação da supertele. 

“Cabe novo recurso, de vez que é uma decisão monocrática. Mas isso é entre AGU e STJ”, afirmou nesta terça, 3/10, durante a Futurecom 2017, o presidente da Anatel, Juarez Quadros. Ele voltou a insistir que a legislação não permite que as dívidas com o Estado sejam negociadas nos termos das pendências com credores privados. 

“A nenhum gestor público é permitido qualquer acordo. É diferente da iniciativa privada. É obrigação dos gestores públicos defenderem os recursos que são devidos pelas entidades que administram. Não há possibilidade de nenhum acordo, exceto se houvesse cobertura legal, alguma lei que desse essa determinação e permitisse um eventual acordo”, afirmou. 

A presidente do STJ, Laurita Vaz, rejeitou o pedido da Anatel ainda nas preliminares, por entender que o caso não é de cautela judicial, mas de questionamento a ato administrativo. “Está evidente que a Anatel manejou indevidamente a via suspensiva em substituição a recurso”, sustentou a ministra. 

“A Anatel pretendia obter tutela que foi negada jucidialmente – o que é inviável processualmente, pois não se pode suspender algo que foi indeferido”, explica o STJ em nota sobre a decisão da ministra. É que a agência tentava impugnar um ato do administrador da recuperação judicial que a incluiu no rol geral de credores da Oi. 

Nominalmente a Oi anotou R$ 11 bilhões em dívidas de multas aplicadas pela Anatel (dos R$ 65 bilhões da dívida total), mas os valores corrigidos chegam perto de R$ 13 bilhões. Até aqui, a AGU já conseguiu separar parte desse montante (R$ 7,2 bi) por envolverem valores que já saíram da esfera administrativa e estão sendo questionados na Justiça. A Anatel queria fazer o mesmo com a parcela que ainda corre na agência. 


Oi unifica mainframes para acelerar serviços digitais

A implementação do CRM único, iniciada em 2015, está prestes a ser finalizada e terá uma interface única no back e no front office. Oi também montou o Centro de Gerência de Serviços, em Brasília, com a missão de unificar as ações em áreas como recarga de pré-pago e faturamento.

Sercomtel terá 90 dias para se defender da caducidade das outorgas

Novo presidente da operadora paranaense foi à Anatel pedir autorização para vender imóveis e gerar caixa, mas uma decisão depende do processo de extinção das licenças em curso, que pode levar 12 meses. 

Anatel nega cautelar para afastar fundo da Oi, mas vai apurar controle da Nextel

Para a agência, controle da tele não passa de hipótese e depende da conversão da dívida por ações como proposto pelo fundo. Em Nova York, Aurelius foi derrotado na tentativa de tirar a recuperação judicial do Brasil. 

Comissão aprova projeto que obriga teles a fazerem bloqueio de telemarketing

Proposta original para cadastro de ‘não perturbe’ deixava a tarefa com os Procons. Mas substitutivo aprovado na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara transfere a responsabilidade para as operadoras de telecomunicações.

Atenta à Internet das coisas, Anatel quer mudar certificação de equipamentos

Como defendeu o relator da proposta que vai à consulta pública, Leonardo de Morais, o crescimento exponencial esperado com a IoT exige mudanças. “A certificação de conformidade na forma atualmente estabelecida seria ineficiente e mesmo impraticável”, afirmou.

Concessionárias perdem, mas autorizadas começam a ganhar clientes na telefonia fixa

No geral, o total de linhas fixas em serviço caiu, com desconexões líquidas de 736,2 mil acessos, ou 1,8% do total. Setembro terminou com 41,1 milhões de telefones fixos ativos. 


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G