INCLUSÃO DIGITAL

No Senado, teles voltam a pedir mudanças na legislação do setor

Convergência Digital* ... 28/09/2017 ... Convergência Digital

Representantes das operadoras de telecom aproveitaram nova discussão no Senado sobre banda larga para pedir aos parlamentares a votação do PLC 79/16, que faz mudanças na Lei Geral de Telecomunicações. Diante das críticas de que metade do país ainda não está conectado, setor privado alega que os ganhos com o fim das obrigações associadas às concessões de telefonia vão liberar recursos para novos investimentos em ampliação das redes. 

“O PLC 79 é uma oportunidade de a gente sair daquela visão do século 20 e começar a olhar para a banda larga. O Parlamento tem uma responsabilidade muito grande. Queremos a migração da concessão para autorização, e desonerações revertidas em investimento em banda larga”, afirmou o diretor de relações institucionais da Telefônica/Vivo, Enylson Camolesi.

A advogada da Proteste, Flávia Lefèvre Guimarães, rebateu, no entanto, sustentando que o projeto de lei é casuísta e que a melhor alternativa seria a política pública contar efetivamente com os recursos dos fundos setoriais, notadamente Fust e Funttel. 

“A proposta é pontual, circunstancial, não altera questões fundamentais que têm emperrado o investimento. Temos bilhões de reais recolhidos para Funttel e Fust que, caso o governo atendesse o que está expressamente previsto na Lei Geral de Telecomunicações, a gente poderia usar para todos os serviços”, sustentou a advogada da Proteste. 

De sua parte, o governo prometeu apresentar uma nova política pública para a banda larga, com o que é chamado de Plano Nacional de Conectividade – uma minuta do Decreto com essa política deve entrar em consulta ainda na primeira quinzena de outubro. A ideia é usar os recursos envolvidos pelo PLC 79/16, além de acordos de trocas de multas por investimentos, para priorizar redes em cidades onde elas não existem, começando por áreas sem interesse comercial mais populosas. 

O vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, CPqD, Alberto Paradisi, lamentou no entanto as constantes prioridades às redes móveis, em detrimento das fixas. “Na taxa atual de crescimento, se deixar que o setor privado resolva, o Brasil vai levar de 30 a 40 anos para incluir 80% a 90% da sua população. Se o Brasil quiser resolver seu problema de longo prazo, tem que investir em fibra ótica. O metro de fibra custa menos que o cobre.”

* Com informações da Agência Senado


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Ouvidoria da Anatel diz que migração da TV Digital deve virar referência global

Segundo o relatório sobre a transição, “autoridades  de nações  interessadas  no tema  têm  visitado  o Brasil  para conhecer  de perto o processo  simultâneo  de digitalização  da transmissão   da TV e  a liberação  da  Faixa  de 700 MHz “. 

TV Digital: "Feirões' de conversores atraem consumidores no interior de SP

“O brasileiro não consegue ficar sem televisão, mas tem gente que deixa para o último dia”, observa presidente da Seja Digital, Antonio Martelleto.

Dois anos depois, só Sky tem estações licenciadas para uso de sobras de 2,5 GHz

Das 110 empresas que compraram lotes em dezembro de 2015, 89 concluíram o procedimento de outorga, mas pate já está pedindo à Anatel mais prazo para entrar em operação. 

França vai banir celulares em escolas a partir de 2018

Anúncio foi feito pelo ministro da educação do país, Jean-Michel Blanquer. Medida valerá para estudantes menores de 15 anos. 

Unicef alerta que acesso à internet só pelo smartphone amplia fosso digital

Para entidade, aparelhos móveis não podem ser considerados substitutos equivalentes porque restringem o tipo e a qualidade do conteúdo acessível. 

Telebras vai assumir Gesac por cinco anos e R$ 663,5 milhões

Estatal já garantiu o contrato por inexigibilidade de licitação, conforme publicado nesta sexta, 8/12, no Diário Oficial. Meta será conexão de 15 mil pontos com acessos de 10 Mbps. 



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G