Home - Convergência Digital

Google lança sistema Android 8.0 com proteção para apps inseguros

Convergência Digital* - 21/08/2017

O Google anunciou nesta segunda-feira, 21/08, o nome de seu novo sistema operacional. O Android 8.0 se chamará Oreo. Apresentado durante a conferência para desenvolvedores Google I/O em maio, a nova versão do cérebro da maioria dos smartphones do mundo era chamado apenas de Android O. A tradição de dar o nome de um doce ao sistema operacional foi mantida. Já foi Nougat, Marshmallow, Lollipop e KitKat, por exemplo.

O novo Android consegue rodar dois aplicativos ao mesmo tempo na tela e vem com um sistema para proteger usuários de apps inseguros, além de uma ferramenta para otimizar a memória interna de celulares limitados. Abaixo algumas das novidades no Android O:

Apps simultâneos

Se o Android Nougat possuía a capacidade de dividir de dividir a tela em duas, para ver dois apps ao mesmo tempo, o Android O permitirá que dois programas sejam executados ao mesmo tempo. Chamada de "Picture in Picture", essa função funciona assim: durante uma ligação pelo Duo, será possível rodar um vídeo do YouTube (a conversa ficará em tela cheia e o vídeo, em tamanho reduzido, no canto inferior direito).

Seleção de texto

O Android passará a usar inteligência artificial quando um usuário selecionar trechos de textos. Quando excertos forem selecionados, o sistema tentará compreender do que eles tratam, se é um número de telefone, um endereço ou um e-mail. Além de indicar as opções de costume, como "copiar", "cortar", "selecionar" e "pesquisar", o Android também vai sugerir uma ligação telefônica, caso o texto contenha um número de telefone, pesquisas no Mapas, se for um endereço, ou abrir o Gmail, se for um e-mail.

Segurança

O Android O também irá ganhar um sistema de segurança para a sua loja de conteúdos digitais. O Google Play Protect irá analisar, no ato do download, se um app coloca em risco a integridade do aparelho e os dados pessoais do usuário. Se isso acontecer, o app será removido da Google Play.

A adição dessa ferramenta ocorre porque as revisões de segurança para os apps criados para Android ocorre depois de eles serem oferecidos aos usuários. Isso é diferente do que a Apple faz, pois a dona do iPhone analisa o potencial malicioso de um programa enquanto o app passa pelo processo de validação para entrar na App Store. Alguns apps consomem bateria ao rodar nos bastidores do sistema. Esse funcionamento será limitado.

Memória

Outra novidade anunciada é a inclusão do Android Go, um sistema que otimiza o uso da memória interna dos aparelhos para que os arquivos caibam mesmo com armazenamento limitado. Esse novo recurso, diz o Google, é voltado a países emergentes, em que, embora sejam os maiores de smartphones, a adoção de aparelhos potentes não é tão difundida.

O Android Go prevê o uso de apps repaginados para consumir menos memória e serão oferecidos por meio de uma outra versão da Google Play. Um exemplo dessa iniciativa, de certa forma precursor do Android Go, é o YouTube Go, que funciona na Índia. O app permite que smartphones armazenem vídeos do YouTube e os transfiram para outros celulares sem consumir dados.

*Com informações do G1

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/03/2020
Android 11 tem API de conectividade 5G

30/07/2019
Malware Agent Smith já infectou mais de 75 mil dispositivos no Brasil

10/07/2019
Malware sofisticado avança sobre usuários de bancos brasileiros

13/08/2018
Brasil é o alvo para ataques de phishing móveis na AL

16/05/2018
Ataques de ransomware crescem 116% em smartphones Android

06/09/2017
Ransomware para Android cresce 181% em seis meses

21/08/2017
Google lança sistema Android 8.0 com proteção para apps inseguros

17/04/2017
Google vai abrir Android a outros buscadores na Rússia

03/04/2017
Android supera o Windows e vira sistema operacional mais usado no mundo

15/03/2017
Google lança curso para brasileiro de certificação em Android

Destaques
Destaques

Edital do 5G vai ao mercado com ou sem venda da Oi Móvel

"Não vou submeter um processo de política pública, como é o edital 5G, a uma fusão e aquisição", afirmou o presidente da Anatel, Leonardo de Morais.

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site