Home - Convergência Digital

Novo ransomware, batizado de WannaLocker, ataca smartphones

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 09/06/2017

Um novo ransomware está surgindo e acendendo o sinal amarelo dos especialistas. Trata-se do "WannaLocker", que ataca apenas dispositivos móveis. Ele está por enquanto atacando usuários chineses do Android, conta Nikolaos Chrysaidos, Head de Mobile Threat Intelligence & Security, da Avast.

A tela da mensagem de resgate do WannaLocker, diz o especialista, pode ser familiar, já que parece idêntica (veja abaixo) à tela do ransomware WannaCry, aquele que se espalhou pela Internet em 12 e 13 de maio passado. Outro aspecto interessante, diz ele, é que o Wanna Locker criptografa arquivos do armazenamento externo do dispositivo infectado, algo que não se via desde o Simplocker, em 2014.

De acordo com a Avast, o ransomware móvel está se espalhando nos fóruns de jogos chineses: as vítimas estão sendo enganadas ao fazerem download de um suposto plugin para o popular jogo chinês King of Glory, quando na verdade estão beixando o malware, alerta o pesquisador da Avast.

O primeiro sinal da contaminação é que ele esconde o ícone do jogo e muda o papel de parede do smartphone para uma imagem de ‘anime’. Em seguida, começa a criptografar arquivos no armazenamento externo do dispositivo. Depois que essa ação termina, explica Chrysaidos, o ransomware então exige um resgate de 40 Renminbi chineses, equivalentes seis dólares americanos. Não é muito comparado ao que o Simplocker exigiu no passado (cerca de USD 200), pondera ele.

“O fato de que o resgate está sendo exigido em moeda corrente e não em criptomoeda como o Bitcoin indica que as pessoas por trás do ataque estão tentando ganhar dinheiro rápido. No entanto, isso é arriscado para os criminosos pois o dinheiro pode ser facilmente rastreado, ao contrário do envio por meio de criptografia. O resgate pode ser pago usando-se os métodos de pagamento chineses QQ, Alipay e WeChat”, acrescenta Chrysaidos.

Um exame no código do malware mostra que os arquivos são criptografados usando criptografia tipo AES: “São criptografados apenas arquivos cujos nomes não começam com um "." e são ignorados tambem arquivos cujos nomes de caminho (path) contenham "DCIM", "download", "miad", "Android" e "com". Também são ignorados arquivos menores do que 10 KB”, detalha Nikolaos Chrysaidos.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/02/2018
Brasil foi alvo do maior ataque DDoS do mundo

07/02/2018
Crimes cibernéticos: No Brasil, 30% das vítimas têm relação pessoal com o cibercriminoso

30/01/2018
Mulheres rejeitam o rótulo 'hacker' e se distanciam da cibersegurança

29/01/2018
Netshoes descarta invasão à estrutura de tecnologia

26/01/2018
Falso vídeo de prisão de Lula espalha vírus no Facebook

26/01/2018
Mais de 350 mil incidentes cibernéticos registrados em 2017

24/01/2018
Mais de 1 milhão de brasileiros acessam golpe de emprego pelo WhatsApp

24/01/2018
Dispositivos Internet das Coisas viram armas e ataques DDoS crescem 50%

22/01/2018
Sessenta e dois milhões de brasileiros foram vítimas do cibercrime

11/01/2018
Mais de 1 milhão de brasileiros caem em golpe de emprego via WhatsApp

Destaques
Destaques

Teles avançam e 4G chega a 3608 municípios do Brasil

Estudo da Telebrasil revela que, em novembro, existiam 99 milhões de acessos 4G ativos. A cobertura 3G também aumenta e chega a 5109 municípios.

Brasileiro prevê o fim do 'baldes de dados' e quer pagar por serviço contratado no 5G

Estudo global feito pela Ericsson, que ouviu 72 milhões de usuários de smartphone no Brasil, mostra que a maioria quer a conta do 5G não mais por gigabytes consumidos, mas por serviço ou dispositivo conectado à rede.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Que ninguém fique sem o sinal de TV digital

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em artigo exclusivo para o Convergência Digital, o presidente da Anatel e do GIRED, revela que a liberação do 700 Mhz atrai a atenção de outros países; aumenta a geração de empregos e acelera a inclusão digital com a massificação do 4G.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site