NEGÓCIOS

Importações de celulares crescem 83% no primeiro bimestre

Luís Osvaldo Grossmann ... 03/04/2017 ... Convergência Digital

O déficit da balança comercial de eletroeletrônicos chegou a US$ 3,75 bilhões no acumulado dos dois primeiros meses de 2017, valor 34% acima do verificado em janeiro e fevereiro de 2016 (US$ 2,79 bilhões). Segundo a Abinee, isso é reflexo direto da alta de 24,7% nas importações, que passaram de US$ 3,61 bilhões para US$ 4,51 bilhões nessa comparação. Além disso, as exportações caíram 8% no primeiro bimestre (de US$ 820,7 milhões para US$ 755,3 milhões). 

“Por um lado, verificaram-se quedas expressivas nas vendas externas de Equipamentos Industriais (-44,3%) e de bens de Informática (-30,0%); e por outro lado, algumas áreas apresentaram crescimentos significativos, tais como: GTD (+55,5%) e Telecomunicações (+43,8%)”, diz a Abinee. 

A Abinee ressalta em telecom o desempenho das vendas externas de estações radiobase, que cresceram 203%. O valor, porém, passou de US$ 7 milhões para US$ 22 milhões. Ao mesmo tempo, as importações no setor passaram de US$ 254 milhões para US$ 316,8 milhões no bimestre, na comparação com 2016. 

“Destacou-se o crescimento significativo das importações de telefones celulares, que aumentaram de US$ 62 milhões, para US$ 114 milhões, no período citado, com acréscimo de 83%. Neste caso também, a origem de quase a totalidade das compras externas foi a China.”

O principal impacto no déficit foi, mais uma vez, a compra de componentes, que representam 60% das importações do setor. Nos dois primeiros meses, o valor importado passou para US$ 2,71 bilhões, alta de 31,8% sobre o registrado em janeiro e fevereiro do ano passado (US$ 2,05 bilhões).


SAS Institute oferece 50% de desconto em julho em cursos voltados a análise de dados

Quer aprender a tirar o melhor proveito do seu dado? Aprenda como tirar insights para o seu negócio. Entre os cursos com desconto estão 'descomplicando os dados através de relatórios' e 'entendendo e tirando valor dos dados usando códigos SAS'

Cenário ainda é nebuloso, mas aumenta a confiança na indústria eletroeletrônica

Após quatro quedas consecutivas, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Setor Eletroeletrônico, aumentou 9,3 pontos no mês de junho em relação a maio, mas ainda fica abaixo dos 50 pontos, indicando o receito das empresas com relação ao impacto da Covid-19.

Câmbio pressiona componentes e repasse vai chegar ao consumidor

Em sondagem realizada pela Abinee,  69% das empresas reportaram "pressões acima do normal".  O custo do frete também impacta os preços em tempo de redução de produção por conta da Covid-19.

Banco Bari e Paraná Banco unem transformação digital ao Open Banking

O Pari, nascido 100% digital, e o Paraná Banco, com 40 anos de atividades, identificam no Open Banking a oportunidade de avançar e consolidar linhas de serviços.

Bancos mostram apetite e orçamento de TI chegou a R$ 24,6 bilhões em 2019

Crescimento é de 48% em relação a 2018. O montante é dividido em investimentos, R$ 8,6 bilhões, que são aportes em novas tecnologias e as despesas, manutenção dos sistemas existentes, ficou em R$ 16 bilhões. Software, mesmo ainda sendo considerada uma despesa, respondeu por 54% do total.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G