SEGURANÇA

Vírus para Android 'Gooligan' rouba um milhão de contas do Google

Da redação ... 02/12/2016 ... Convergência Digital

Uma praga digital para Android já obteve chaves de autorização para acessar mais de um milhão de contas do Google e ainda está comprometendo aproximadamente 13 mil contas por dia, segundo um alerta divulgado pela empresa de segurança Check Point esta semana. A empresa batizou o vírus de "Gooligan", revela reportagem do portal G1.

O código é distribuído principalmente em lojas de aplicativos não oficiais com diversos nomes, como " Wifi Accelerate" e "Html5 Games". Quem baixa aplicativos apenas do Google Play e tem o celular configurado para bloquear instalações de aplicativos de fontes não confiáveis não deve ter sido contaminado com esse vírus.

Os usuários do sistema operacional Android podem ser identificados quando estiverem on-line no Google Talk, através de um pequeno aplicativo disponível no Google Labs Uma praga digital para Android já obteve chaves de autorização para acessar mais de um milhão de contas do Google e ainda está comprometendo aproximadamente 13 mil contas por dia, segundo um alerta divulgado pela empresa de segurança Check Point esta semana. A empresa batizou o vírus de "Gooligan".

O código é distribuído principalmente em lojas de aplicativos não oficiais com diversos nomes, como " Wifi Accelerate" e "Html5 Games". Quem baixa aplicativos apenas do Google Play e tem o celular configurado para bloquear instalações de aplicativos de fontes não confiáveis não deve ter sido contaminado com esse vírus.

O Google afirmou que já está comunicando os usuários que tiveram suas contas acessadas indevidamente pelo vírus. Segundo Adrian Ludwig, diretor de segurança do Android no Google, não há evidências de que dados dos usuários tenham sido acessados. Ludwig também explicou, em uma postagem no Google+, que o Gooligan faz parte de uma campanha de ataques conhecida como "Ghost Push" que envolveu mais de 40 mil apps falsos em 2015.

Segundo a empresa de segurança Check Point, alguns modelos de celular podem não ter recebido as atualizações que corrigem as falhas exploradas pelo vírus. Aparelhos que possuem o Android 6 ("Marshmallow") estão imunes. O vírus usa o poder de root para alterar o serviço do Google no celular. Com isso, ele captura a chave (token) de autenticação, que dá acesso à conta do Google. O vírus também instala programas publicitários e aplicativos de terceiros no Google Play. Depois de fazer isso, a praga ainda deixa análises positivas falsas nos aplicativos "patrocinadores".

Segundo ainda a Check Point, 57% das vítimas do Gooligan estão localizadas na Ásia. Outras 19% residem na América, enquanto 15% estão na África e 9% na Europa.

Fonte: portal G1


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
No combate aos crimes, a fusão do ciber e do real

A integração Cibernética (virtual) e Física é essencial para vincular atividades criminais aos suspeitos reais no mundo físico (real). A Tecnologia é meio dessa união.

Mais de 30 mil ciberataques são detectados em golpe ao WhatsApp no Brasil

Uma falsa promoção oferece R$ 70 em créditos para celulares pré-pagos por conta do suposto aniversário da OTT de mensagens.

Vazamento de dados de até 500 mil contas enterra de vez a rede social Google+

Criada há sete anos para ser a concorrente do Facebook, o Google+ nunca decolou. Agora, com o anúncio de um vazamento de até 500 mil contas de usuários, a Alphabet, dona do Google, decidiu fechar o caixão e evitar um estrago semelhante ao vivido pelo rival Facebook. Sete anos depois, o Google+ está descontinuada.

Guerra cibernética: Reino Unido acusa a Rússia de usar hackers para desestabilizar o mundo

Tendo como base trabalhos do Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC), o Reino Unido acusa a Rússia e a sua inteligência militar de estarem por trás dos ataques BadRabbit e à Agência Mundial Antidoping de 2016.

Facebook vive pesadelo e admite violação que afetou 50 milhões de contas

2018 não está sendo nada fácil para a rede social. Nesta sexta-feira, o Facebook admitiu uma violação de segurança que afetou cerca de 50 milhões de contas de usuários. Hoje a rede social conta com mais de 2 bilhões de usuários ativos por mês.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G