SEGURANÇA

Pessoas têm de ser o alvo da estratégia de Segurança Cibernética

Roberta Prescott ... 05/10/2016 ... Convergência Digital

As empresas ainda endereçam os ataques cibernéticos apenas pelo lado da tecnologia da informação em vez de trata-los de uma maneira holística, em um processo englobando desde recursos humanos até as políticas internas.

“É preciso fazer da segurança cibernética como parte da cultura, permeando toda empresa, afirmou Summer C. Fowler, diretora-técnica de risco e resiliência em segurança na computação no programa CERT do Instituto de Engenharia de Software da Universidade Carnegie Mellon, em entrevista em vídeo para o Convergência Digital.

Fowler destacou que ao traçar as políticas de segurança e de prevenção, as empresas devem levantar o que é mais crítico a elas e entender como a empresa pode ser afetada se algo der errado. A partir disto, elaborar um plano para endereçar os ataques.

De acordo com ela, o mais vulnerável tende ser as pessoas, que precisam ser engajadas à política de segurança e entender quais são seus responsabilidades na companhia. “Engenharia social é a ainda o método número um de ataques.” Assista à entrevista.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
No combate aos crimes, a fusão do ciber e do real

A integração Cibernética (virtual) e Física é essencial para vincular atividades criminais aos suspeitos reais no mundo físico (real). A Tecnologia é meio dessa união.

Mais de 30 mil ciberataques são detectados em golpe ao WhatsApp no Brasil

Uma falsa promoção oferece R$ 70 em créditos para celulares pré-pagos por conta do suposto aniversário da OTT de mensagens.

Vazamento de dados de até 500 mil contas enterra de vez a rede social Google+

Criada há sete anos para ser a concorrente do Facebook, o Google+ nunca decolou. Agora, com o anúncio de um vazamento de até 500 mil contas de usuários, a Alphabet, dona do Google, decidiu fechar o caixão e evitar um estrago semelhante ao vivido pelo rival Facebook. Sete anos depois, o Google+ está descontinuada.

Guerra cibernética: Reino Unido acusa a Rússia de usar hackers para desestabilizar o mundo

Tendo como base trabalhos do Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC), o Reino Unido acusa a Rússia e a sua inteligência militar de estarem por trás dos ataques BadRabbit e à Agência Mundial Antidoping de 2016.

Facebook vive pesadelo e admite violação que afetou 50 milhões de contas

2018 não está sendo nada fácil para a rede social. Nesta sexta-feira, o Facebook admitiu uma violação de segurança que afetou cerca de 50 milhões de contas de usuários. Hoje a rede social conta com mais de 2 bilhões de usuários ativos por mês.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G