GESTÃO

Internet das Coisas: máquinas inteligentes ganham espaço para cortar custos

Ana Paula Lobo* ... 27/09/2016 ... Convergência Digital

Apesar de 85% das empresas alegarem que utilizam IoT (Internet of Things, da sigla em inglês) em suas operações, mais de dois terços (68%) dessas organizações não possuem uma estratégia de teste voltada a IoT. O dado faz parte do Relatório Mundial sobre Qualidade 2016 (World Quality Report), publicado pela Capegemini, em conjunto com a Hewlett Packard Enterprise(HPE), divulgado nesta terça-feira, 27/09.

Segundo o levantamento, as empresas, pressionadas para implementar novos produtos e serviços digitais, acham difícil encontrar um equilíbrio entre qualidade e velocidade de desenvolvimento, principalmente quando se trata de Internet das Coisas.

A parcela do orçamento deste ano dedicada à garantia da qualidade (QA) e aos testes caiu 31%, após um aumento significativo e preocupante de 18% para 35% durante os anos anteriores. Apesar da redução registrada neste ano, a previsão geral é que os gastos aumentarão para 40% em 2019. 

O Relatório Mundial sobre Qualidade revela ainda que muitas empresas estão adotando máquinas inteligentes para cortar custos e gerar eficiência. A crescente adoção de tecnologias digitais está consumindo grande parte do orçamento, e as empresas estão tendo dificuldade para equilibrar a inovação e o custo, sendo que 48% não estão conseguindo atender às necessidades conflitantes que surgem quando administram vários ambientes de teste.

Para combater essa dificuldade, o relatório aponta para a necessidade de investir mais na garantia da qualidade baseada em inteligência para identificar e prever problemas de qualidade antes que ocorram. O estudo, que entrevistou 1.600 pesquisados de 32 países, é o único relatório global que analisa as tendências da área de qualidade e testes de aplicações.

Elaborado anualmente desde 2009, e hoje em sua 8ª edição, o relatório de 2016 adotou o método de coleta de dados via web e por telefone. Baseado na análise das respostas de seis grupos (CIOs, VPs de aplicações, diretores de TI, gerentes de testes e garantia da qualidade, CDO/CMO e CTO/ líderes de produtos), o relatório entrevistou executivos de todo o mundo por meio de questões quantitativas seguidas de discussões qualitativas. Para baixar uma cópia integral do Relatório Mundial sobre Qualidade 2016, acesse www.worldqualityreport.com

*Com informações da Capgemini


Órgãos públicos estão obrigados a fazer relatórios trimestrais de transformação digital

Monitoramento será acompanhado pela Secretaria Especial de Modernização do Estado da Secretaria Geral da Presidência da República. Norma também aprova 23 planos de transformação digital dos órgãos do governo federal que estão em execução.

Teletrabalho: Brasil somou 8,7 milhões de trabalhadores em home office em junho

Estudo do IPEA mostra que o índice da adesão ao home office no serviço público é mais de três vezes a proporção do setor privado. Em junho, 24,7% dos trabalhadores do setor público exerciam atividade remota, mas, no setor privado, eram apenas 8%.

TCU dispensa papel e adota protocolo 100% digital

Documentos a serem protocolados junto ao Tribunal de Contas da união, para qualquer finaldiade, agora devem ser encaminhados, exclusivamente, por meio dos serviços via internet. 

Trabalho remoto reduziu R$ 466 milhões em despesas de custeio do governo

Levantamento divulgado nesta segunda, 3/8, pelo Ministério da Economia, lista deslocamentos e viagens, além dos serviços de energia elétrica e comunicação como principais cortes com a pandemia de Covid-19.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G