SEGURANÇA

Brasil fica entre os países mais afetados pela extorsão online

Convergência Digital* ... 30/08/2016 ... Convergência Digital

2016 já pode ser chamado de o ano da extorsão online: o relatório revela que o e-mail é o vetor de infecção número um para disseminação das maiores ameaças. Com base nas descobertas da Trend Micro, que estão divulgados no estudo 2016 Midyear Security Roundup: The Reign of Ransomware, 71% dos métodos de entrega das famílias conhecidas de ransomware se dão por meio de spam. Em seguida, vem os golpes de BEC (e-mails corporativos em risco) que lucram com iscas de engenharia social e levam executivos de alta gerência a transferirem grandes somas de dinheiro — totalizando mais de US$ 3 bilhões em perdas estimadas.

O mapeamento da companhia revela que países da Europa, Oriente Médio e África são os mais afetados por ataques ransomware, enquanto que golpes BEC miram na região da América do Norte, com menos países, mas mais direcionados. O Brasil também está entre os mais afetados. Os criminosos por trás destes golpes, geralmente, se passam por executivos C - level. O levantamento mostra também que  somente no 1º semestre, 79 novas famílias de ransomware foram encontradas e 58% das ameaças de ransomware bloqueadas por e-mail. No total foram mais de 80 bilhões de ransoware bloqueados.

A Trend Micro notou ainda que os cibercriminosos são cada vez mais criativos na aplicabilidade de seus golpes: como o JIGSAW que exclui os arquivos criptografados sempre que as vítimas não conseguem pagar o resgate no prazo estabelecido. Já o ransomware SURPRISE aumenta o resgate cada vez que as vítimas perdem um prazo.

Embora as corporações sejam encorajadas a não pagar os pedidos de resgate do ransomware, algumas companhias desde hospitais a universidades cederam às chantagens dos cibercriminosos: o hospital Hollywood Presbyterian Medical Center perdeu US$17,000 sob ameaça dos hackers em divulgarem informações pessoais dos pacientes. Durante os três primeiros meses de 2016, a FBI revelou que o total de perda das enterprises chegou a US$ 209 milhões de dólares.

QKABOT: um dos mais perigosos Trojans Bancários

Os trojans bancários continuam a ser um dos maiores pesadelos para bancos e instituições financeiras. O QKABOT, criado em 2007, já fez diversos alvos no Brasil, EUA e Canadá com roubo de informações confidenciais como credenciais bancárias e dados sensíveis dos usuários. O QAKBOT utiliza vários vetores de infecção para invadir o sistema de um usuário desde o mapeamento dos hábitos de navegação da vítima ou envio de PDF’s maliciosos ao email do novo alvo.

Existem algumas maneiras de diminuir a chance de ataques iminentes por parte dos trojans bancários: proteção de máquinas endpoint, adoção de protocolos de autenticação dos bancos em seus websites e conscientização dos usuários ao receberem e-mails suspeitos e realizarem o download de novos arquivos.

O estudo aponta ainda que nos primeiros seis meses do ano, a Trend Micro bloqueou 29 bilhões de ameaças, o que é mais da metade dos ataques bloqueados durante todo o ano de 2015. A disparidade se deve ao número crescente de ataques ransomware. Para os usuários finais a lição aprendida é assegurar o uso de dispositivos atualizados com soluções tecnológicas maduras. Apenas instale aplicativos confiáveis (de lojas como Apple Store ou Google Play) e ao trocar informações sensíveis, tenha certeza de utilizar um sistema encriptografado.





Globo afirma que ataque hacker não 'roubou' dados de usuários

Houve duas invasões ao sistema de notificações push da Globoplay e da GShow no final de semana. O ataque teria sido conduzido por um grupo hacker da Arábia Saúdita. Segundo a Globo, 'invasores se limitaram a enviar mensagens para toda a base'.

Consciência é a maior vacina contra os riscos cibernéticos

Em tempos de home office por conta do coronavírus, o gerente de segurança do CAIS/RNP, Edilson Lima, diz que cabe ao usuário redobrar seu cuidado. "Cada um tem de fazer sua parte", afirma.

Cibercrime usa Coronavírus para roubar dados pessoais no WhatsApp

Golpe oferece suposto kit gratuito com máscara e álcool gel - a ser dado pelo Governo Federal - para atrair as pessoas mais nervosas em relação à pandemia.

RNP terá programa para formar profissionais em Segurança Cibernética

O diretor da área na Rede Nacional de Pesquisa, Emilio Nakamura, assegura que a intenção é 'acelerar a formação de novos profissionais não apenas na Academia, mas também na inovação aberta'.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G