Clicky

Home - Convergência Digital

Wi-fi gratuito reforça venda por aplicativo da Magazine Luiza

Ana Paula Lobo - 02/06/2016

Oferecer acesso gratuito a Internet por meio da rede Wi-Fi nos principais aeroportos do Brasil é mais uma ação da rede de varejo Magazine Luiza para por em prática a estratégia de digitalização da marca, revela em entrevista ao portal Convergência Digital, a diretora de Marketing da rede varejista, Ilca Sierra. A executiva revelou que o acerto com a Infraero - para a contratação do Wi-Fi foi feito pela Hands - mas não adiantou os valores pagos pela contratação da infraestrutura de Telecom.

"Colocamos a inclusão digital como uma premissa para aumentar as nossas vendas. A oferta do Wi-Fi é mais uma da série de movimentos que estamos tomando. A Magazine Luiza é, de fato, uma rede varejista que busca ser multicanal", sustentou. Inicialmente, a oferta gratuita do Wi-Fi nos aeroportos de Porto Alegre, São Paulo (Congonhas), Rio de Janeiro (Santos Dumont), Curitiba, Florianópolis, Salvador, Fortaleza e Campinas (Viracopos) está prevista para durar 30 dias, mas pode ser prorrogada.

"É a primeira vez que fazemos essa ação. Vamos avaliar o retorno para dar prosseguimento ou não", explica Ilca Sierra.  Um dos retornos esperados é o aumento de downloads no aplicativo próprio da rede varejista. Lançado no final do ano passado, já conta com mais de dois milhões de downloads. Para ter acesso ao Wi-Fi gratuito, o usuário terá de preencher um rápido cadastro e terá a opção de baixar o app.

"A recepção ao nosso aplicativo foi muito boa, mas precisamos democratizar o acesso à Internet. Hoje há uma preferência, especialmente numa camada da população, de priorizar os apps que não exigem o consumo dos dados como o WhatsApp", explica a executiva. Mas Ilca Sierra faz questão de ressaltar que a venda pela Internet ou pelo dispositivo móvel é mais um canal - tão relevante como a compra na loja física.

"O público online é diferente do público que compra na loja. Não temos preferência por canal, até porque o nosso projeto é ser, de fato, uma operação multicanal. Nosso cliente está no aeroporto, está na rua, está em qualquer lugar", completa a executiva.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/10/2020
Bradesco vai pagar R$ 23,8 milhões ao CADE por bloqueio a fintechs em aplicativo

02/10/2020
EUA recorrem da decisão judicial que suspendeu bloqueio do WeChat

29/09/2020
Instagram passa Facebook Messenger e está em 81% dos celulares no Brasil

22/09/2020
Governo quer economizar R$ 27 milhões com atestado médico pela Internet

16/09/2020
Claro vende acesso ao aplicativo do Hospital Albert Einstein por R$ 49,90 por mês

07/08/2020
TikTok e WeChat decidem enfrentar o governo de Donald Trump

05/08/2020
Infobip e GSMA para oferecer proteção à identidade digital

05/08/2020
Itaú abriu cerca de 1 milhão de contas pelo app no 1º semestre

03/08/2020
"TikTok é vítima inocente da loucura da política e da geopolítica"

31/07/2020
Trump 'ordena' a venda do TikTok. Microsoft aparece como interessada

Destaques
Destaques

Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

Ondas milimétricas não apenas uma banda a mais para o 5G, mas são a base das novas aplicações com baixíssima latência, diz Francisco Soares, da Qualcomm. Wilson Cardoso, da Nokia, adverte que, até 2025, serão instaladas 200 mil ERBs para atender verticais específicas como a indústria 4.0.

Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

"Não há como fazer obrigação em cibersegurança. O ambiente tem de ser cooperativo e não é apenas com as teles. São mais de 10 mil pequenos prestadores de serviços e eles têm de estar ativos. Temos de ter uma coordenação entre todos os atores", disse o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

IoT e os novos negócios e aplicações para o mercado de energia

Por Pedro Al Shara*

Analistas de mercado estimam que o impacto da Internet das Coisas na economia alcance de 4% a 11% do Produto Interno Bruto do planeta em 2025.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site