INOVAÇÃO

Internet das coisas vai ultrapassar os celulares até 2018

Ana Paula Lobo* ... 01/06/2016 ... Convergência Digital

A Internet das Coisas (IoT) vai superar os celulares como a maior categoria de dispositivos conectados até 2018, projeta o Relatório de Mobilidade da Ericsson, publicada nesta terça-feira, 01/06. Segundo o levantamento,entre 2015 e 2021, a expectativa é que o número de dispositivos conectados de IoT cresça 23% anualmente –  os aparelhos celulares que utilizam IoT tem a maior previsão de crescimento. Dentre os 28 bilhões de dispositivos totais que estarão conectados até 2021, aproximadamente 16 bilhões serão dispositivos de IoT.

A Europa Ocidental será a líder na adição de conexões de IoT – o número de dispositivos  neste setor está projetado para crescer 400% até 2021. Isso será impulsionado principalmente pelos requisitos regulamentares – como, por exemplo, para medidores  inteligentes de utilities –  e pela crescente demanda por carros conectados, incluindo a orientação de e-call da União Europeia, que tem a sua implementação planejada para 2018.

“A IoT está crescendo conforme os custos de dispositivos caem e os aplicativos inovadores surgem. A partir de 2020, a implantação comercial das redes 5G oferecerá recursos adicionais essenciais para a IoT, tais como divisão de rede e a capacidade de conectar exponencialmente mais dispositivos do que é possível hoje", pontuou a vice-presidente de Estratégia e Sustentabilidade da Ericsson na América Latina e Caribe, Carla Belitardo.

O estudo aponta ainda que as assinaturas de smartphones continuam a aumentar e prevê-se que elas ultrapassem as de telefones básicos no terceiro trimestre deste ano. Em 2021, as assinaturas de smartphones praticamente dobrarão, passando de 3,4 bilhões para 6,3 bilhões. Segundo o relatório, o número de assinaturas móveis únicas é de 5 bilhões hoje, o que mostra essa o rápido crescimento da tecnologia móvel em um curto período de tempo.


Cloud Computing
CADE aprova compra da Red Hat pela IBM sem restrições, mas ainda avalia prática de gun jumping

Tribunal do órgão regulador descartou impacto na concorrência, mas ainda vai analisar se houve eventual prática de gun jumping – quando uma operação é consumada sem a autorização prévia do órgão antitruste. Multa, nesse caso, varia de R$ 60 mil a R$ 60 milhões.

Brasil monta centro para dados, IoT e industria 4.0 com Fórum Econômico Mundial

Sede será instalada no Instituto de Pesquisa Tecnológica de São Paulo e deverá entrar em operação no primeiro semestre de 2020.

Economistas lançam livro sobre Inovação associada à economia do compartilhamento

Paulo Bastos Tigre e Alessandro Maia Pinheiro analisam o impacto dos novos negócios, sob a ótica da academia, na economia digital.

ANAC faz consulta pública sobre futuro dos drones

Órgão regulador da aviação civil quer ouvir a opinião da sociedade sobre como conduzir a operação das aeronaves não tripuladas no País. Consulta irá até o dia 05 de fevereiro de 2020.

Iluminação inteligente é uma das apostas da NEC com Internet das Coisas

O gerente de soluções da engenharia da NEC do Brasil, Eduardo Ribeiro, diz que a fornecedora- que atua como orquestradora de soluções- criou uma plataforma multisegmento, baseada em inteligência artificial, para acelerar a adesão dos serviços inteligentes nos municípios brasileiros.

Desconexão entre Academia, governo e empresas trava inovação no Brasil

Em Israel, afirma o co-fundador e CEO da IBI-Tech, Daniel Skaba, a sinergia do ecossistema de Inovação foi crucial para impulsionar os negócios.
 



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G