Home - Convergência Digital

Vivo fecha alianças e abre acesso a 400 mil hotspots Wi-Fi no exterior

Da redação - 13/05/2016

Se até agora a Oi navegava sozinha na aliança com provedores Wi-Fi - com a aliança com a FON - a Vivo decidiu entrar nesse mercado. A operadora anunciou o Vivo Travel Wi-Fi, um serviço que conta, no lançamento, com uma rede de mais de 400 mil hotspots Wi-Fi espalhados pelo mundo para que os clientes naveguem na web por meio de seu celular.

O custo do produto é de R$ 9,90 por dia, e de acordo com a Vivo, o usuário navega na internet em qualquer hotspot Wi-Fi credenciado ao serviço, sem limite de tráfego de dados, em toda cobertura disponível. A operadora também decidiu que a diária Wi-Fi é gratuita para quem usar a diária de internet 3G e 4G, por R$ 29,90/dia. O serviço está disponível inicialmente para assinantes móveis pós-pagos da Vivo.

No lançamento, os hotspots do Vivo Travel Wi-Fi estão localizados nos Estados Unidos e em importantes países da Europa, como Reino Unido, Bélgica, Alemanha, Irlanda e Holanda. Para oferecer o serviço, a Vivo firmou parcerias com provedores que têm redes Wi-Fi e já está trabalhando para aumentar o número de parceiros, ampliando constantemente tanto a distribuição geográfica quanto a quantidade de pontos Wi-Fi no mundo, de forma a cobrir os principais destinos globais de turismo de lazer e negócios.

Para usar o Vivo Travel Wi-Fi, o cliente deve baixar e instalar o aplicativo do serviço, disponível gratuitamente para Android e iOS. Por meio do próprio app, o usuário tem acesso ao serviço e é conectado automaticamente ao hotspot Wi-Fi conveniado mais próximo de sua localização geográfica. Também é possível consultar a lista de pontos Wi-Fi do serviço na região e escolher a qual deles quer se conectar.
 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/07/2020
Depois da TIM, Vivo e Claro também são multadas em R$ 800 mil

29/06/2020
Vivo Play embarca Amazon Prime Video em sua plataforma

26/06/2020
Vivo Empresas fecha parcerias para clientes nas áreas de saúde e serviços

15/06/2020
Vivo e Santander se unem para importar 200 respiradores

04/06/2020
Anatel também rejeita pedido da Claro contra acordo Vivo/TIM

27/05/2020
Ao condenar Vivo, Justiça decide que Código do Consumidor é aplicável a pessoas jurídicas

18/05/2020
Vivo tem 130 novas vagas e já contratou 400 durante a Covid-19

11/05/2020
Vivo anuncia mais quatro cidades com rede FTTH

06/05/2020
Covid-19 reduz recargas e venda de aparelhos e respinga no lucro da Vivo

06/05/2020
Anatel publica regra que permite WiFi mais potente

Destaques
Destaques

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Oi Móvel terá um 'único' dono e Oi não se exclui do jogo do 5G

O CEO da Oi, Rodrigo Abreu, descartou a possibilidade de vender a Oi Móvel 'fatiada' para atender aos interessados: Vivo/TIM e Claro. "Sem chance. O ativo será vendido todo", disse. Sobre o 5G, diz que dependendo do modelo de venda, a Oi entra pensando em B2B, IoT e até para ser MVNO.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site