Home - Convergência Digital

Vivo fecha alianças e abre acesso a 400 mil hotspots Wi-Fi no exterior

Da redação - 13/05/2016

Se até agora a Oi navegava sozinha na aliança com provedores Wi-Fi - com a aliança com a FON - a Vivo decidiu entrar nesse mercado. A operadora anunciou o Vivo Travel Wi-Fi, um serviço que conta, no lançamento, com uma rede de mais de 400 mil hotspots Wi-Fi espalhados pelo mundo para que os clientes naveguem na web por meio de seu celular.

O custo do produto é de R$ 9,90 por dia, e de acordo com a Vivo, o usuário navega na internet em qualquer hotspot Wi-Fi credenciado ao serviço, sem limite de tráfego de dados, em toda cobertura disponível. A operadora também decidiu que a diária Wi-Fi é gratuita para quem usar a diária de internet 3G e 4G, por R$ 29,90/dia. O serviço está disponível inicialmente para assinantes móveis pós-pagos da Vivo.

No lançamento, os hotspots do Vivo Travel Wi-Fi estão localizados nos Estados Unidos e em importantes países da Europa, como Reino Unido, Bélgica, Alemanha, Irlanda e Holanda. Para oferecer o serviço, a Vivo firmou parcerias com provedores que têm redes Wi-Fi e já está trabalhando para aumentar o número de parceiros, ampliando constantemente tanto a distribuição geográfica quanto a quantidade de pontos Wi-Fi no mundo, de forma a cobrir os principais destinos globais de turismo de lazer e negócios.

Para usar o Vivo Travel Wi-Fi, o cliente deve baixar e instalar o aplicativo do serviço, disponível gratuitamente para Android e iOS. Por meio do próprio app, o usuário tem acesso ao serviço e é conectado automaticamente ao hotspot Wi-Fi conveniado mais próximo de sua localização geográfica. Também é possível consultar a lista de pontos Wi-Fi do serviço na região e escolher a qual deles quer se conectar.
 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/10/2020
Vivo está com 1.000 vagas abertas call centers em Curitiba e Fortaleza

16/10/2020
CGU aplica multa de R$ 45,7 milhões à Vivo por distribuição de ingressos da Copa de 2014

14/10/2020
Vivo reforça serviços digitais com o Vivo Money

06/10/2020
Trainee da Vivo terá salário de R$ 6,800,00

06/10/2020
Justiça condena Vivo e WhatsApp por celular invadido

20/08/2020
Vivo amplia seu ecossistema digital ao agronegócio com soluções IoT

04/08/2020
Linktel prepara piloto com Wi-Fi 6E no aeroporto de Salvador

04/08/2020
Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E em 6GHZ abrem o B2B para os provedores Internet

04/08/2020
Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E não concorrem com o 5G, sustenta HPE/Aruba

03/08/2020
Bemol quer Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E para levar banda larga para quem não tem nem 3G

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site