GOVERNO

Dataprev vai para a Fazenda e revive fantasma da fusão com Serpro

Luiz Queiroz ... 13/05/2016 ... Convergência Digital

A possibilidade de fusão da Dataprev com o Serpro nunca ficou tão próxima de se tornar realidade como agora, com a chegada do governo interino de Michel Temer. O presidente em exercício baixou em edição extraordinária nesta quinta-feira (12/05), a Medida Provisória 756, que altera todo o organograma do governo. E com o fim do Ministério da Previdência Social, a Dataprev foi deslocada para o Ministério da Fazenda.

Isso leva o ministério de Henrique Meirelles a contar com os serviços de Tecnologia da Informação das duas maiores empresas públicas da América Latina, o que deverá fazer com que o corpo técnico do ministério reabra a discussão da necessidade das duas empresas operarem para a pasta.

Em setembro do ano passado, o portal Convergência Digital teve acesso a um documento do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST), do Ministério do Planejamento, feito sob encomenda do Ministério da Fazenda na gestão Joaquim Levy, que avaliava cenários para uma eventual fusão entre o Serpro, Dataprev e, inclusive, a Telebras.

O documento da época era claro: o governo tinha a intenção de criar uma megaestatal de Tecnologia da Informação/Telecomunicações, a partir da fusão dessas empresas. Cogitava inclusive, que essa nova empresa do governo vir a ter papéis negociados na Bovespa. A proposta naufragou após o vazamento do estudo, que gerou inúmeras pressões políticas e desmentidos e terminou engavetada com a queda do ministro da Fazenda.

Porém agora, essa tese poderá voltar com força, uma vez que duas grandes estatais prestando serviços de TI a um mesmo ministério poderá ser avaliado como redundância. Resta saber qual empresa absorveria a outra e quem seria o principal personagem no comando desse processo, uma vez que Joaquim Levy e seus assessores já não estão mais no Ministério da Fazenda.

Na proposta original, a estatal resultante da fusão Dataprev e Serpro ficaria sob o comando do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, sob forte influência do DEST - Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, que entre outras atribuições, hoje fixa os índices de reajuste salariais das empresas públicas e faz o controle de pessoal. Não se sabe ainda se esse Departamento, no entanto, manterá suas funções ou não no novo organograma.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Vanderlan Cardoso, de Goiás, será o novo presidente da CCT no Senado

Na divisão acertada entre os líderes partidários, a comissão de Ciência e Tecnologia ficou com o PP e o indicado é o empresário goiano em seu primeiro mandato como senador. Uma das primeiras missões dele será a votação do PLC 79/2016, que altera o marco de Telecom.

Ex-CIO da Telefônica desponta como nova presidente da Dataprev

A nomeação de Christiane Almeida Edington ainda não saiu no Diário Oficial, mas é dada como certa pelo site Antagonista. Executiva tem no currículo o comando da  fusão da Telefônica com a Telemig Celular na área de TI.

Telebras e Viasat assinam aditivo ao contrato investigado pelo TCU

Estatal informa que encaminhou o novo contrato ao Tribunal, mas não revela se atendeu a exigência de baixar o preço das antenas.

Dataprev cria programa de demissão voluntária e aumenta rumor de extinção ou privatização

Resolução traz uma série de requisitos para a adesão dos funcionários. Um deles é ter mais de 120 meses de vínculo laboral.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G