INCLUSÃO DIGITAL

Mais da metade da população mundial segue sem acesso à Internet

Convergência Digital* ... 21/09/2015 ... Convergência Digital

Mais da metade da população mundial ainda está fora da Internet e, pior, o crescimento do número de pessoas que estão se conectando à Rede Mundial está diminuindo, adverte a Comissão de Banda Larga da Organização das Nações Unidas, nesta segunda-feira, 21/09. A desigualdade é uma realidade no mundo virtual. Tanto que o estudo mostra que nos países mais ricos, o acesso está atingindo níveis de saturação, mas 90% da população dos 48 países mais pobres do mundo não têm nenhuma forma de conexão, apontou o relatório da ONU.

Segundo o estudo, a taxa de crescimento dos acessos à Internet deverá ficar em 8,1% em 2015, abaixo do registrado em 2014, quando ficou em 8,6%. Até 2012, as taxas de crescimento tinham ficado em dois dígitos por muitos anos. "Chegamos a um ponto de transição no crescimento da Internet", assinala o relatório.

A comissão, criada em 2010 pela União Internacional das Telecomunicações e a Unesco – a agência científica e cultural da ONU –, disse ser improvável que a marca de quatro bilhões de usuários de Internet seja alcançada antes de 2020. O texto observa ainda que o crescimento no aumento do número de assinantes do Facebook está ultrapassando o da Internet.

"Mais da metade da população mundial - cerca de 57%  - ainda não usa a Internet regular ou ativamente", diz o relatório. A forte desacelaração na aquisição de celulares em 2015 e o alto custo para levar infraestrutura de telecom aos lugares remotos são apontados como fatores para o não uso da Internet por essa parcela da população mundial.

Até o final deste ano, 3,2 bilhões de pessoas terão alguma forma de acesso regular à Internet, em contraposição aos 2,9 bilhões de 2014. Isso representa 43,4% da população do mundo, ainda muito aquém da meta de 60% fixada pela ONU para 2020. As mulheres nos países mais pobres estão particularmente em desvantagem, disse o relatório. No mundo em desenvolvimento, 25 por cento menos mulheres do que homens tinham acesso à Internet, um porcentual que sobe para 50 por cento em algumas partes da África subsaariana.

*Fonte: Agências de notícias


Carreira
Drones: Curitiba terá curso intensivo para pilotos

Destinado a todos os interessados em adquirir conhecimento e formação de qualidade na área, o objetivo do curso, ministrado no Centro Europeu, é habilitar profissionais para explorar comercialmente o uso de drones. Duração da atividade é de dois meses. Aulas começam no dia 08 de janeiro.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

França vai banir celulares em escolas a partir de 2018

Anúncio foi feito pelo ministro da educação do país, Jean-Michel Blanquer. Medida valerá para estudantes menores de 15 anos. 

PNAD 2016: celular quase encosta em TVs nos lares brasileiros

Pesquisa do IBGE mostra que, em 2016, em 92,3% dos domícilios pelo menos um morador possuía um telefone celular. As TVs estão presentes em 97,4% dos domícilios. O acesso à Internet chegou a 63,6% dos domicílios, com o celular ganhando fácil dos PCs e tablets. 

Governo deveria abrir mão de três anos de impostos para levar banda larga para quem não tem

A proposta foi feita pelo diretor de desenvolvimento de Negócios da IBM Brasil, Rodrigo Santi, caso ele pudesse ter a 'caneta' para definir uma política pública para o setor no Brasil.

UIT alerta que apesar de avanços no Brasil, o fosso digital aumentou

Em ranking de 176 países, o Brasil melhorou uma posição, de 67º para 66º considerados os usos e habilidades das tecnologias da informação e comunicações, mas ainda tem muito por fazer se quiser aderir à era Inteligência Arficial, do Big Data ou da Internet das Coisas.

Governo estabelece o fim do feriado regulatório para fibra óptica

Governo quer fazer um diagnóstico das redes de acesso existentes no país. "Temos poucos dados e eles estão desatualizados", observa o diretor de Banda Larga do MCTIC, Artur Coimbra.

Telecentros renovam fôlego e ganham novo status na Inclusão Digital

A consulta pública aberta pelo governo para definir novas políticas públicas para Telecomunicações vai tratar de um tema caro: o compartilhamento e tratamento de dados, revela Américo Bernardes, Diretor do Departamento de Inclusão Digital do MCTIC.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G