INTERNET

Brasil terá domínio Internet para empresas LTDA

Convergência Digital ... 30/09/2014 ... Convergência Digital

Chega ao Brasil a primeira extensão de domínios própria para empresas registradas como “sociedades ou companhias de responsabilidade limitada”. A nova extensão de domínio, .LTDA (,,Limitada”),é destinada a empresas com responsabilidade limitada no Brasil e em outros países da América Latina. Pelo site https://www.nic.ltda, a InterNetX inicia a primeira fase de registro para proprietários de marcas registradas no final de outubro deste ano.  

De acordo com InterNetX, o domínio LTDA („Limitada“) poderá ser  usado por ,aproximadamente, seis milhões destas empresas existem no Brasil, Chile, Equador e Colômbia. As diretrizes de concessão de .LTDA preveem que somente LTDAs registradas perante as autoridades competentes podem registrar domínios com esta extensão.  

A gestão técnica de .LTDA ocorre em parceria com Afilias, provedor de backend.  Segundo a InterNetX, o lançamento da nova extensão de domínio ocorrerá em duas fases. Em 29 de outubro de 2014, começa a fase Sunrise, de 30 dias. Nesta etapa, o pré-requisito para a participação é o registro no chamado Trademark Clearinghouse (TMCH), uma espécie de banco de dados digital de marcas para novos gTLDs. A disponibilidade geral de .LTDA terá início em 2 de dezembro de 2014, com a fase “General Availability” ou “Live”. De acordo com a InterNetX, a partir deste momento, qualquer - „ limitada“ - poderá registrar seus domínios livremente. 

Thomas Mörz, CEO da InterNetX, diz que essa especialização figura entre os critérios mais importantes na introdução de uma extensão empresarial. “Ela foi estabelecida como TLD (domínio de nível superior) uniforme e confiável. Um usuário que acessa uma página da internet com domínio .LTDA deve ter a segurança de que uma empresa com esta forma societária está por trás dela“, diz Mörz.

Endereços advindos de outras extensões de domínio podem ser novamente registrados com .LTDA. Mörz  explica que as empresas podem garantir, por exemplo, domínios que combinem com o nome da empresa. “Se uma empresa, até então, era representada na internet com o endereço de internet www.nomedaempresa-ltda.com.br, ela poderá, com o início de .LTDA, também usar o domínio mais curto e fácil de memorizar, como www.nomedaempresa.ltda”, detalha.

De acordo com o CEO da InterNetX, um endereço de internet com a extensão .LTDA não é intuitivamente associado pelo usuário a um determinado país, mas é compreendido em qualquer lugar da América Latina. “Justamente em um mercado grande e dinâmico, como este, isto pode se tornar uma vantagem competitiva”, afirma.


Eduardo Neger é o novo presidente da Abranet

Ele assume para o biênio 2019/2021 e a posse da nova diretoria está marcada para o começo de abril. Eduardo Parajo, que estava à frente da entidade, ficou com a vice-presidência.

Abrafix vai ao STF contra Lei do Rio de Janeiro sobre interrupção de telefone e internet

A Associação Brasileira de Concessionárias de Serviço Telefônico Fixo Comutado (Abrafix) ajuizou ação contra a Lei 8.099/2018, que obriga as concessionárias de serviços públicos essenciais a informar em tempo real a interrupção de seus serviços. Entidade ressalta que a competência para legislar sobre telecom é da União.

STJ decide que é ilegal cobrar taxa de conveniência para ingressos online

Julgamento da 3ª turma do Superior Tribunal de Justiça tem validade em todo o território nacional.

PayPal quer ter voz de comando no Mercado Livre

Empresa norte-americana quer comprar US$ 750 milhões em ações ordinárias do empresa de comércio eletrônico, que quer receber um aporte de US$ 1 bilhão para 'expandir a plataforma de comércio eletrônico'.

Candidata presidencial nos EUA quer tirar poder da Amazon, Google e Facebook

Senadora do partido Democrata por Massachusetts, e em campanha para enfrentar Donald Trump no ano que vem, Elizabeth Warren defende transformar as grandes plataformas da internet em “utilities” e  desfazer fusões e compras.

Revista Abranet 26 . nov-dez 2018 / jan 2019
Veja a Revista Abranet nº 26 Estudo da Abranet revela a existência de um universo díspar entre os prestadores, o que impõe desafios à regulamentação mínima necessária para manter o mercado estruturado e o limite aceitável para a sobrevivência das empresas.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G