TELECOM

M2M abre as portas do mercado brasileiro às MVNOs

Da redação ... 15/01/2013 ... Convergência Digital
Ainda em seus primórdios no Brasil, a telefonia móvel virtual, ou MVNO – do inglês mobile virtual network operador – tem espaço para deslanchar, segundo um estudo da ABI Research – especialmente se houver foco em aplicativos e especialmente em serviços máquina a máquina.

Não por menos, o caso brasileiro aparece no estudo. “A companhia de seguros brasileira Porto Seguro é um exemplo de uma MVNO que pode ter muito sucesso. É uma MVNO M2M para os clientes dos seguros de automóveis e está incluindo serviços móveis personalizados para empregados e clientes”, cita o diretor da ABI, Dan Shey.

“Serviços como gerenciamento de gastos ou de dispositivos móveis podem contribuir com 25% das receitas por empregado – chegando a 34% quando incluídos conexões e gerenciamento de serviços M2M [máquina a máquina]”, sustenta o estudo.

No caso da Porto Seguro, a operação de MVNO começou no ano passado e conta com cerca de 9 mil acessos – sendo algumas centenas de celulares e a ampla maioria de conexões M2M. A rede utilizada é da TIM e a gestão da Datora, que atua tanto como agregadora de MVNOs como diretamente na oferta de serviços máquina a máquina.

O foco inicial da Datora também é rastreamento de automóveis, mas o plano é atuar em medição industrial, segurança patrimonial, telemetria, etc. “Já temos 200 chips Datora Mobile nas ruas de São Paulo e devemos chegar a 1 milhão de conexões M2M até o final de 2014”, diz, em comunicado da empresa, o presidente da Datora Mobile, Wilson Otero.

Roubo de cabos e rádios de telecom custa R$ 320 milhões ao ano às operadoras

SindiTelebrasil adverte que no ano passado foram registradas 5,6 mil ocorrências de roubo, furto e receptação de elementos de redes de telecomunicações. Só de cabos foram mais de quatro milhões de metros furtados.

Oi faz projeto piloto e libera WiFi para clientes de outras operadoras

Do total de dois milhões de hotspots da operadora, 470 mil ficam no Rio de Janeiro. Liberação do uso para não clientes faz parte da estratégia de marketing móvel.

João Rezende deixa Anatel sobre pressão do caso Oi, franquia da banda larga e renovação dos contratos das teles

Na agência desde 2009 e na presidência desde 2011, o ex-presidente da agência enfrentou um crítico 2016.

Receita trimestral das teles com dados cresce 128% e chega a R$ 7 bilhões

Análise da Anatel mostra que desempenho entre 2013 e 2015 elevou a participação dos dados para quase 50% da receita operacional, de R$ 14,2 bilhões no terceiro trimestre de 2015. 

Revista do 59º Painel Telebrasil 2015
Veja a revista do 59º Painel Telebrasil 2015 As principais empresas prestadoras de serviços e da indústria de telecomunicações e autoridades governamentais e do Legislativo se dedicaram a discutir o tema escolhido para este ano: A evolução dos modelos de negócio das telecomunicações: Desafios políticos e regulatórios.
Clique aqui para ver outras edições


  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G