GOVERNO

Governo terá catálogo de dados abertos na Internet

Luís Osvaldo Grossmann ... 26/04/2012 ... Convergência Digital
O Ministério do Planejamento lança oficialmente no próximo 4/5 – uma versão beta já está no ar – o Portal Brasileiro de Dados Abertos, cujo objetivo é ser um catálogo dos dados públicos divulgados em padrão aberto e de fácil utilização, parte das iniciativas previstas pela Lei de Acesso à Informação, que entra em vigor em 16/5.

“O objetivo é termos ferramentas e soluções práticas para a divulgação de informações. Esse portal não terá os dados diretamente, mas os links de onde as informações podem ser encontradas, funcionando como um grande catálogo”, explica o secretario de Logística e TI do Planejamento, Delfino Natal de Souza.

A disponibilização dos dados abertos está prevista na Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011). O Portal, assim, faz parte da premissa de que órgãos e entidades públicas devem divulgar, independentemente de solicitações, informações de interesse geral ou coletivo. Essa divulgação deve se dar obrigatoriamente via Internet em todas as cidades com mais de 10 mil habitantes.

Segundo a SLTI, a construção do portal foi baseada na plataforma aberta chamada CKAN e disponibilizada pela instituição internacional Open Knowledge Foundation (OKFN) – seguindo o exemplo do portal existente no Reino Unido, que é reconhecido como um dos melhores do mundo. Isso significa que os dados serão disponibilizados em formato manipulável. “Elimina-se o PDF, de forma que os dados possam ser trabalhados”, completa o secretário de Logística e TI.


Acompanhe a Cobertura Especial do RioInfo 2016

Criar reserva de mercado não é a saída para o profissional de TI

Assespro Nacional, Softex, ABES, Fenainfo e TI Rio afirmam que a medida, se aprovada, pode vir a ser uma 'camisa de força' para o setor. Representantes das entidades advertem que fechar as portas para outros especialistas será um equívoco.

Acompanhe a Cobertura Especial do RioInfo 2016

Kassab alinha gestão e nomeia nova diretoria para a Telebras

Novo presidente será Antonio Loss, executivo do mercado de TV por assinatura e banda larga, que passou pela Net Sul, Net, Oi e pela Via Sat. O ex-conselheiro da Anatel, Jarbas Valente, será o novo diretor técnico-operacional

Dataprev contrata rede da Telebras por R$ 2,1 milhões

Acordo é por 12 meses, renováveis, e visa atender os três data centers da estatal, em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Estatal da previdência, ainda não tem seu destino selado pelo novo governo.

André Borges é nomeado como secretário de Telecomunicações

Quarenta dias depois de indicado pelo ministro Gilberto Kassab, ex-executivo da Oi e da Net é formalmente titular do posto – ainda pelo extinto Ministério das Comunicações. 

Governo redefine política de Segurança e mira ataques cibernéticos

Estratégia defende a expansão da capacidade operacional da espionagem brasileira, inclusive no ambiente cibernético. Governo Temer devolve coordenação da inteligência ao Gabinete de Segurança Institucional.



  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G