NEGÓCIOS

TOTVs, SAP e Oracle dominam o mercado brasileiro de ERP

Fabio Barros ... 18/04/2012 ... Convergência Digital

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou nesta quarta-feira, 18/04, os resultados da 23ª edição da pesquisa anual “Mercado Brasileiro de TI e Uso nas Empresas”. Como nos anos anteriores, o estudo realizado pelo Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da instituição não trouxe surpresas: o mercado continua crescendo e dominado pelos grandes fornecedores.

Um dos números a comprovar a tese foi o que aponta a concentração do mercado brasileiro de sistemas de gestão empresarial, que tem 82% dele dominado por três empresas: Totvs, SAP e Oracle. Na média geral, a Totvs tem 38% do mercado, seguida pela SAP (28%) e pela Oracle (16%).

Em uma subdivisão criada na edição de 2011, o estudo mostra que, entre as grandes empresas, a SAP tem 51% de mercado, seguida pela Oracle e Totvs, ambas com 21%. Já entre as pequenas empresas, o domínio da Totvs é inegável: 53%.

Fernando Meirelles, professor da FGV e coordenador da pesquisa, chamou a atenção para a queda da Infor, que até o ano passado tinha 5% do mercado brasileiro e, este ano, viu sua participação cair e diluir-se no que a pesquisa apresenta como “outros”.

Outra nova área, esta incluída na pesquisa este ano, mede o uso do que a FGV chama de inteligência analítica. “Essa categoria reúne todos os softwares de apoio à decisão, como BI, CRM etc.”, explica Meirelles. Coincidentemente, também nesta nova categoria a SAP surge como líder, com 20% do mercado, seguida pela Oracle (18%), Totvs (16%), Microsoft e IBM, ambas com 10%.


Soluções de Segurança para a Sociedade
Olhou. Gostou. Pagou!

Tecnologia de reconhecimento facial como meio de pagamento está sendo testada no Japão.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Abinee: Indústria já reclama de recuo do dólar frente ao Real

Segundo a entidade, queda de 22% das exportações de eletroeletrônicos em julho – e de 13,4% no primeiro semestre – “decorre da falta de confiança das empresas em vender seus produtos no mercado externo, face à instabilidade do real frente ao dólar”. Patamar médio do dólar passou de R$ 3,70 para R$ 3,20.

Indústria de eletroeletrônicos dá sinais de reação

Junho apresentou o quarto mês consecutivo de aumento da produção, mas Abinee ainda calcula redução de 7% em 2016. 

Mais da metade das empresas de eletroeletrônicos vende menos que esperado

Nova sondagem de conjuntura da Abinee aponta alguma melhoria nas expectativas dos empresários, com fabricantes de bens de informática e celulares apostando em vendas melhores no segundo semestre.

Despesas mundiais com TI não crescem em 2016

Segundo levantamento do Gartner, depois de recuo de 0,5% no último trimestre, tendência é de que investimentos no setor permaneçam estáveis este ano, em relação a 2015, mantendo-se em cerca de R$ 11 trilhões. 



  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G