GESTÃO

Senado contingencia R$ 37,9 milhões na sua área de informática

Luiz Queiroz ... 30/03/2012 ... Convergência Digital

Para manter a programação orçamentária deste ano e cumprir o contingenciamento previsto pelo Governo ao Orçamento Geral da União de 2012, quem "pagou o pato" no Senado Federal foi a área de Informática. Hoje foi publicado o Ato nº 960 da mesa diretora, que determina um contingenciamento de R$ 37,9 milhões nos recursos previstos ao setor de informática para este ano.

Esse corte nos gastos, segundo explicou o Senado seria "decorrente dos resultados fiscais apresentados no relatório de avaliação de receitas e despesas primárias referente ao primeiro bimestre de 2012, previstos na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

O maior corte nos gastos será feito na função "processo legislativo", cujo montante foi de R$ 26,9 milhões. Mas o contingenciamento também atingirá a "gestão do sistema de informática" (R$ 7 milhões) e a "produção e distribuição de documentos legislativos" (R$ 4 milhões.

O Ato do Senado informa que se os recursos forem descontingenciados e restabelecidos para uso ao longo da execução orçamentária deste ano, "a recomposição das dotações cujos empenhos foram limitados dar-se-á de forma proporcional à redução efetivada".

A decisão do Senado foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.


IVA encerra a disputa entre Governo, Estado e município

Além disso também permite retirar a alta carga tributária imposta aos setores de Telecom e Energia, os carros-chefes da arrecadação, pontua o advogado Luiz Roberto Peroba.

eSocial: é ilusão achar que não precisa correr para adaptar os sistemas

Novo prazo pode ter ficado mais longo - janeiro de 2018, mas as mudanças são complexas e exigem que as corporações não relaxem.

Justiça do Rio manda Microsoft indenizar consumidores por falha no Windows 7

A 4ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro afastou a possibilidade de dano coletivo por problemas na atualização do sistema operacional, em 2013, mas determinou a reparação individual de quem comprovar prejuízos. 

CNS vai ao STF contra decisão de São Paulo de cobrar ICMS de software

Confederação Nacional de Serviços diz que decisão do Estado significa uma bitributação, uma vez que as empresas pagam o ISS. "Software não pode ser considerado uma mercadoria", sustenta a ação.

Para bancar Telebras, governo maquia gastos com Serviço de Comunicação Multimídia

Sob o argumento de elevação dos gastos com o incremento da banda larga no país, governo mascara os constantes aumentos de capital da Telebras que garantem a sobrevivência financeira da estatal, ainda inoperante do ponto de vista comercial.



  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G