GOVERNO

Dilma quer banco de fomento dos BRICs voltado à infraestrutura, inovação e C&T

Da redação* ... 29/03/2012 ... Convergência Digital

Ao falar nesta quinta-feira, 29/03, em Nova Delhi, na Índia, durante reunião da 4ª Cúpula dos BRICs, a presidenta Dilma Rousseff defendeu que seja criado o banco de fomento do bloco formado pelos países emergentes (Brasil, Russia, India e China), com o foco no financianmento de obras de Infraestrutura, Inovação e Ciência e Tecnologia.

" O Brasil acha fundamental a ampliação da cooperação financeira entre os BRICs e essa cooperação voltada para a promoção do desenvolvimento sustentado. Apoiamos a criação de um grupo de trabalho para elaborar a proposta do Banco de Desenvolvimento dos BRICs, que atue especialmente em projetos de infraestrutura, Inovação e Ciência e Tecnologia, com a agenda voltada para temas de interesses de nossos países", destacou Dilma.

A presidenta também reconheceu, em conversa com a imprensa, que o Brasil tem uma carga tributária alta e assegurou que durante seu governo tomará as medidas possíveis para reduzi-la. Dilma reiterou que na próxima semana vai anunciar um conjunto de medidas financeiras e tributárias para assegurar maior capacidade de investimento à indústria.
Segundo a presidenta, o governo tomará medidas pontuais, enquanto não é possível fazer uma reforma tributária ampla.

"Tenho plena consciência que o Brasil precisa reduzir sua carga tribuária. Por ter vários interesses envolvidos na questão de uma reforma tribuária, até julgo que pode ter um momento no futuro que possa ser possível encaminhar uma reforma global. O que tenho tomado são medidas pontuais que permitam que, no conjunto, se crie uma desoneração maior nos tributos, o que é fundamental para o país crescer", disse aos jornalistas.

Como forma de impulsionar o crescimento do país, a presidenta reiterou a necessidade de aumentar os investimentos do governo e os privados. “Independentemente de qual taxa de investimento temos hoje, vamos ter que fazer um esforço muito grande para ela chegar a 24% [do Produto Interno Bruto]”, disse. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que a taxa está em 19,3%.

Dilma chegou na terça-feira, 27/03, a Índia, onde fica até sábado (31) para participar da 4ª Cúpula do Brics – bloco que reúne o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul. Nos encontros compareceram, além de Dilma, o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, e os presidentes Hu Jintao (China), Dmitri Medvedev (Rússia) e Jacob Zuma (África do Sul).


Acompanhe a Cobertura Especial do RioInfo 2016

Criar reserva de mercado não é a saída para o profissional de TI

Assespro Nacional, Softex, ABES, Fenainfo e TI Rio afirmam que a medida, se aprovada, pode vir a ser uma 'camisa de força' para o setor. Representantes das entidades advertem que fechar as portas para outros especialistas será um equívoco.

Carioca Digital quer acabar com a peregrinação às repartições públicas

Dados do IPLANRio dão conta que 45% dos alvarás requeridos estão sendo concedidos num prazo de até 30 minutos. Ideia é ter mais de 300 mil cariocas cadastrados até o final do ano.

Games: mercado de US$ 3 bilhões e em franca expansão no Brasil

Especialistas da área falam das principais tendências tecnológicas, os mercados que estão crescendo e afirmam: fazer game é um negócio e exige dedicação.

Acompanhe a Cobertura Especial do RioInfo 2016

Dataprev contrata rede da Telebras por R$ 2,1 milhões

Acordo é por 12 meses, renováveis, e visa atender os três data centers da estatal, em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Estatal da previdência, ainda não tem seu destino selado pelo novo governo.

André Borges é nomeado como secretário de Telecomunicações

Quarenta dias depois de indicado pelo ministro Gilberto Kassab, ex-executivo da Oi e da Net é formalmente titular do posto – ainda pelo extinto Ministério das Comunicações. 

Empresários de TI pedem a Temer reforma da CLT e volta de incentivos

Em encontro de representantes industriais com o presidente interino, Abes, Assespro e Brasscom pediram a inclusão da Tecnologia da Informação como prioridade nacional.

TCU divulga prioridades para uso da TI

Documento ressalta como focos aprimorar o uso da TI como instrumento de inovação para o controle e desenvolver capacidade organizacional ampla para trabalhar com recursos tecnológicos. 



  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G