INTERNET

Câmara instala comissão do Marco Civil da Internet

Luís Osvaldo Grossmann ... 28/03/2012 ... Convergência Digital

Apresentado em agosto do ano passado, o projeto do Marco Civil da Internet começou a tramitar de fato nesta quarta-feira, 28/3, com a instalação da comissão especial da Câmara que vai analisá-lo antes da votação em plenário. Apesar da disposição do relator, que arriscou-se a prometer um texto ainda neste semestre, o ano eleitoral não sugere uma aprovação rápida.

A probabilidade de um relatório até junho enfrenta ainda a dificuldade de conciliar o prazo às, pelo menos, sete audiências públicas que os deputados da comissão querem realizar – na capital, em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia e Paraíba.

Há, ainda, outros interesses. Existem requerimentos para apensar ao Marco Civil outros projetos relacionados à Internet que tramitam na Câmara. “Pelo impacto que isso teria na tramitação, entendo que seria melhor não juntarmos os projetos”, disse o relator, deputado Alessandro Molon (PT-RJ).

Além disso, também já existe um movimento – especialmente de entidades ligadas à produção de conteúdo – para que sejam analisados juntamente com o Marco Civil projetos relativos à proteção de direitos autorais, algo que o relator igualmente considera inviável.

Interesses à parte, Molon sustentou que “a Internet é o território da liberdade e assim deve continuar sendo”. Nesse sentido, listou como principais dispositivos do projeto a liberdade de expressão, a neutralidade de rede e a inviolabilidade do sigilo – salvo por determinação judicial.

Adicionalmente às reuniões, a comissão pediu que seja aberta uma consulta pública através do portal e-democracia, da Câmara, para que a sociedade possa apresentar contribuições ao longo das discussões. O próprio projeto tem origem um uma criação coletiva – a consulta feita pelo Ministério da Justiça teve mais de 80 mil sugestões.

A comissão especial será presidida pelo deputado João Arruda (PMDB-PR), tendo como vices Manoel Jr (PMDB-PB), Manoela D’Ávila (PCdoB-RS) e Luiza Erundina (PSB-SP).


Demi Getschko segue no comando operacional, mas governo faz ajustes no NIC.br

Maximiliano Martinhão - secretário de Política de Informática (Sepin) será o presidente do Conselho de Administração, onde também entra Luiz Fernando Castro. Nos bastidores, concentração de postos no Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações enciumou outras áreas do governo. 

Net, Vivo e Oi concentram 84,6% da banda larga fixa no Brasil

Números de maio também mostram que mais da metade das conexões à internet no país ainda se escoram sobre a rede legada de fios de cobre – alvo preferencial das mudanças nas regras dos bens reversíveis. 

Entidades lançam campanha Internet sob ataque no Brasil

Movimento Coalização Direitos na Rede, que reúne 10 entidades, denuncia as seis principais ameaças à Rede no Brasil. Entre elas, a portaria que estabelece a Anatel para promover a revisão do atual modelo dos serviços de telecomunicações e o risco ao Marco Civil da Internet.

Ativista que derrubou ‘Porto Seguro’ diz que ‘Escudo da Privacidade’ também vai cair

O advogado austríaco Max Schrems, autor do processo judicial que levou ao cancelamento do acordo sobre transferência de dados entre Europa e Estados Unidos,  diz que o novo acordo mantém os furos contra a privacidade dos internautas.

Iniciativa lista PLs sobre privacidade e liberdade de expressão na internet

Organizada pela Coding Rights (codingrights.org), relação é colaborativa e até aqui reúne 58 propostas legislativas com impacto sobre o uso da rede, como as propostas oriundas da CPI dos Crimes Cibernéticos. 

Revista Abranet 16 . Abril 2016
Veja a Revista Abranet nº 16 Um novo horizonte para os provedores. Ao comprar lotes no leilão de sobras de frequência, provedores de Internet de diversas regiões poderão ofertar banda larga fixa usando a tecnologia LTE, ou 4G.
E mais...
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G