NEGÓCIOS

Brasileiro amplia migração para cartões de crédito e débito

Da redação ... 21/03/2012 ... Convergência Digital

A indústria brasileira de cartões deve desacelerar em 2012, previu nesta quarta-feira, 21/03, a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Credito e Serviços (Abecs)."No varejo, a coisa não está bem", disse à Reuters o presidente da entidade, Claudio Yamaguti, explicando que as recentes medidas do governo para estimular a economia ainda não se refletiram integralmente no consumo.

Em 2011, o faturamento do setor de cartões no Brasil somou R$ 670 bilhões, uma expansão de 24% sobre o ano anterior. Para este ano, a previsão é de aumento de 20%. Apesar da atividade econômica moderada, em meio aos efeitos da crise internacional e de medidas do governo brasileiro para conter a inflação, o setor de cartões continuou no ano passado se beneficiando da gradual migração dos meios de pagamento, de cheque e dinheiro, para plásticos de débito e de credito.

Só no ano passado, a participação desses meios eletrônicos nos pagamentos do consumo privado subiu de 24,3 por cento para 26,8 por cento do total. A expectativa da entidade é que esse percentual chegue a 36 por cento em 2015. O número total de plásticos em circulação chegou a 687 milhões de unidades, um avanço anual de 9 por cento.

Segundo a Abecs, o aumento dos gastos de brasileiros no exterior pagos com cartões (19 por cento em 2011, para 21,2 bilhões de reais), em meio a valorização do real contra o dólar, também contribuiu com a expansão do setor. Com o recente ciclo de cortes na taxa básica de juro Selic e medidas de incentivo ao consumo a Abecs avalia que alguma melhora possa acontecer ao longo do ano, o que poderia levar a uma revisão das projeções.

Fonte: Agência Reuters


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Storage da EMC é legado oficial da cidade do Rio de Janeiro

Doação foi feita no momento da assinatura de contrato com a Rio 2016, em agosto de 2014. "A organização assumiu a negociação para a isenção dos impostos junto à Receita", revela o presidente da EMC, agora, Dell Technologies, Carlos Cunha.

Exportação de software e serviços de TI chegou a R$ 4 bilhões em 2015

Dados da Softex revelam que o Brasil conta, hoje, com cerca de 90 mil empresas de software e serviços de TI, que geraram cerca de R$ 100 bilhões em receita líquida em 2015. Setor criou cerca de 600 mil postos diretos de trabalho.

Micro Focus quer unir Linux ao Open Stack com compra de divisão da HPE

Empresa comprou a divisão de software por US$ 8,8 bilhões. Acordo prevê a parceria comercial entre o Suse e o Linux.

Brasil tem papel-chave na estratégia da nova Dell EMC

O país terá as três unidades principais da nova companhia, além de marcar papel em P&D.



  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G