NEGÓCIOS

CNI: Um em cada cinco produtos industriais foi importado no Brasil em 2011

Da redação ... 19/03/2012 ... Convergência Digital

Um em cada cinco produtos industriais consumidos no país no ano passado foi importado, informa o estudo Coeficientes de Abertura Comercial, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgado nesta segunda-feira, 19/03.

Segundo o documento, a “participação de bens importados no consumo doméstico de produtos industriais alcançou nível recorde em 2011". O coeficiente de ingresso de produtos importados aumentou 2 pontos percentuais, entre 2010 e 2011, alcançando 19,8%. O maior aumento foi verificado no setor de informática, eletrônicos e ópticos, que saiu de 45,4% para 51%, seguido por derivados de petróleo e combustível (de 17,8% para 23,3%); e máquinas e equipamentos (de 32,5% para 36,8%).

De 23 setores pesquisados, oito atingiram os níveis máximos da série histórica do coeficiente de penetração de importações, que começou em 1996. A maior participação de importação foi verificada na extração de carvão mineral (87%); seguida pelos setores de extração de petróleo e gás natural (54,5%); informática, eletrônicos e ópticos (51%); outros equipamentos de transporte (37,3%); e máquinas e equipamentos (36,8%).

A pesquisa também apurou que as exportações de produtos indústriais cresceram em 2011 para 19,8%, dois pontos percentuais acima do registrado em 2010. Mesmo com o aumento, a fatia de participação está abaixo do recorde de 2004, de 22,9%. “A grande maioria dos setores ainda apresenta coeficientes inferiores aos níveis máximos alcançados na década passada, com exceção de extração de carvão mineral e celulose e papel”, informa o documento da CNI. A pesquisa é feita a partir do cruzamento de dados de informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Fonte: Agência Brasil


Acompanhe a Cobertura Especial do RioInfo 2016

Criar reserva de mercado não é a saída para o profissional de TI

Assespro Nacional, Softex, ABES, Fenainfo e TI Rio afirmam que a medida, se aprovada, pode vir a ser uma 'camisa de força' para o setor. Representantes das entidades advertem que fechar as portas para outros especialistas será um equívoco.

Carioca Digital quer acabar com a peregrinação às repartições públicas

Dados do IPLANRio dão conta que 45% dos alvarás requeridos estão sendo concedidos num prazo de até 30 minutos. Ideia é ter mais de 300 mil cariocas cadastrados até o final do ano.

Games: mercado de US$ 3 bilhões e em franca expansão no Brasil

Especialistas da área falam das principais tendências tecnológicas, os mercados que estão crescendo e afirmam: fazer game é um negócio e exige dedicação.

Acompanhe a Cobertura Especial do RioInfo 2016

Acompanhe a Cobertura Especial do WCIT 2016

FIESP: investimento em inovação é sagrado

Em depoimento especial para o hotsite WCIT 2016, o presidente da entidade, Paulo Skaf, sustenta que a tecnologia faz a diferença e adverte: as empresas inovadoras são as que menos sentem a crise.

Era digital: é hora de retomar os investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento

Pesquisa global mostra que os CEOs estão cientes que novas tendências, entre elas, a computação cognitiva e a robótica, exigem mais aportes em inovação.

Para presidente do TCU, contratação de TI é ultrapassada no Brasil

Em entrevista à CDTV, Aroldo Cedraz defende que as políticas públicas em tecnologia vão além do governo eletrônico e admite: A legislação brasileira é complexa e bloqueia o empreendedorismo. 

Acompanhe a Cobertura Especial do WCIT 2016
TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Não tenha medo do risco digital

Na jornada da transformação digital, as falhas vão acontecer. O importante é saber lidar com o erro e evoluir.

TICs derrubam desempenho do setor de serviços

Considerados pelo IBGE entre os principais fatores para o recuo do segmento, os serviços de tecnologia da informação e de comunicações acumulam quedas de 2,1% e 3,9% no acumulado entre janeiro e maio de 2016. 

Banco Central: smartphones encostam nos ATMs no Brasil

Relatório da Autoridade Monetária sobre 2015 também aponta para uma redução mais acentuada no uso de cheques, cada vez mais substituídos por meios eletrônicos de pagamentos. 

Internet das Coisas movimentará US$ 1,9 trilhão em logística

Relatório de Tendências da DHL, com foco em Internet das Coisas, indica que a gestão inteligente permitida pelo IoT no transporte irá além do rastreamento, alavancando níveis mais elevados de eficiência operacional e reduzindo custos substancialmente.

Brasil melhora em ranking global de TI, mas vai mal em ciências e matemática

Elaborado pelo Fórum Econômico Mundial, relatório sobre a preparação e a competitividade dos países em tecnologia da informação aponta o Brasil em 72º lugar, um pouco acima do 75º de 2015 – ano em que caiu 19 posições. 


Acompanhe a Cobertura Especial do EMC Forum 2015

EMC Brasil: 2016 será um ano desafiador para o mercado de TI

Presidente da empresa, Carlos Cunha, salienta que o big data obrigou aos fornecedores pensarem diferente. "Treinei minha equipe para negócios. Não quero mais só vendedores". Já os clientes, o momento é de colocar a mão na massa. "Não basta planejar, é preciso iniciar", acrescentou.


Acompanhe a Cobertura Especial do EMC Forum 2015

  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G