INCLUSÃO DIGITAL

Telebras troca fibras com Algar e chega a São Paulo

Luís Osvaldo Grossmann ... 13/03/2012 ... Convergência Digital

Um acerto de troca de fibras levará a rede da Telebras para a região metropolitana de São Paulo. Firmado com a Algar Telecom, o contrato viabiliza um anel óptico na capital paulista e a oferta do Plano Nacional de Banda Larga em contratos como o negociado com as prefeituras do ABC.

Assinado nesta terça-feira, 13/3, o contrato prevê uma troca de fibras apagadas e não envolve acerto financeiro. Com ele, a Algar ganha redundância no trecho entre Paulínia-SP e Curitiba-PR, enquanto a estatal chega à Avenida Paulista e ao Grande ABC, com extensão programada a Santos-SP.

“Fazemos uma troca entre um trecho não-urbano por um urbano que é muito importante para nós, em São Paulo. E ao chegar aos PTTs, atendemos os provedores”, disse o presidente da Telebras, Caio Bonilha. A demanda já existe, seja pelas obrigações de rede para a Copa ou a banda larga das universidades.

Em princípio a Telebras usará 42,5 km de fibras para completar o trecho entre as paulistas Barueri e São Caetano – passando por São Paulo. Isso viabiliza um anel óptico de 129 km na capital e, entre outros, permite o avanço no acordo entre a estatal e o Consórcio Municipal do Grande ABC.

De sua parte, a Algar leva um terceiro trecho de fibras entre São Paulo e Curitiba, pelo interior – os outros dois vão pela costa. “Ganhamos redundância e vamos analisar a possibilidade de outros mercados”, diz o presidente da Algar Telecom, Divino Sebastião de Souza.

Os termos do contrato, no entanto, facilitam a ampliação da troca de fibras. Em tese, portanto, outros 500 km de fibras em São Paulo poderão vir a ser utilizados pela estatal. “Temos capacidade de sobra”, emenda o presidente do conselho do Grupo Algar, Luiz Alberto Garcia.

Um anel óptico em São Paulo adianta a infraestrutura que a Telebras precisa disponibilizar para a Copa, além de outras obrigações importantes como o convênio com a Rede Nacional de Pesquisa para ampliação da banda larga disponível nas universidades.

No mesmo sentido, a estatal deverá firmar acertos semelhantes em outros estados – seja pela infraestrutura das 12 cidades sedes da Copa de 2014, mas mesmo antes disso para as seis da Copa das Confederações, no próximo ano: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife e Salvador.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Impossível pensar em recuperar o dinheiro do FUST para investir na banda larga

"Esse dinheiro não volta mais. Ele acabou", sustentou o secretário de telecom do MCTIC, André Borges. Novo PNBL, agora, prometido para o final do ano, quer usar o dinheiro dos TACs para garantir rede em todo o país.

Portaria detalha novo cronograma da TV Digital com 989 cidades

Além das mudanças no conversor distribuído gratuitamente aos mais pobres, documento completa a lista dos quase 1 mil municípios onde haverá a transição para a TV Digital. Nos demais, não há mais prazo para desligamento.

Anatel firma termos de uso de espectro com pequenos provedores

Nesta primeira etapa, 87 empresas já podem começar a usar as frequências adquiridas no leilão realizado em dezembro de 2015, o que representa cerca de um terço dos concorrentes. Outros dois terços ainda dependem de correções de documentação junto ao órgão regulador. 

Metade da população mundial não tem acesso à Internet

Estudo da UIT comprova que a desigualdade digital está longe de acabar no mundo. São 3,9 bilhões de pessoas desconectadas, sendo a maior parte - 2,5 bilhões - vivendo em países em desenvolvimento.

CCT do Senado aprova projeto que permite uso do Fust para banda larga

A lei alterada, no entanto, ainda trata de projetos inseridos no Plano Geral de Metas de Universalização, justificativa para que apenas 1,2% dos recursos do Fundo tenham sido efetivamente utilizados. 

Internet ruim e habilidade dos professores limitam TICs nas escolas públicas

Estudo de fundo feito pelo Comitê Gestor da Internet em 12 instituições mostra as dificuldades de se implementar na prática programas de informatização do ensino criados em gabinetes em Brasília ou nos governos estaduais.



  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G