TELECOM

TV paga: Aprovação de novas regras gera R$ 4,8 bilhões em receitas

Fernanda Ângelo ... 12/03/2012 ... Convergência Digital

Se as regras da TV paga fossem alteradas hoje, no prazo de um ano, 5 milhões de novos domicílios seriam usuários de banda larga por cabo. E isso geraria R$ 4,8 bilhões de excedente econômico para esse mercado. Os números foram revelados nesta segunda-feira, 12/03, durante encontro, promovido pela Telcomp, no qual a Anatel revelou a sua agenda para 2012. "Isso é o que o consumidor estaria disposto a pargar hoje se ele tivesse o serviço disponível", afirma João Rezende, presidente da Anatel.

Segundo Rezende, existem 600 pedidos de emrpesas interessadas em operar no mercado brasileiro de TV a cabo. Se 20% delas iniciarem de fato as operações nesse mercado, seriam 120 novos players, aproxiamdamente, conforme contabiliza o executivo. De acordo com ele, atualmente, a penetração da TV por assinatura é de 30% no Brasil. Com a abertura do espectro, em cinco anos, esse índice deve chegar a 50%.

Com a regulamentação da Lei 12.485, que estabelece novas regras para o mercado de TV por assinatura, prevista para o primeiro semestre de 2012, a Anatel espera intensificar o movimento de convergência tecnológica do setor. Além disso, prevê Rezende, o setor deve ganhar muito mais competição. "Acho que a abertura do mercado foi uma decisão muito promissora", avalia.


Conselho Consultivo: Relatório anual da Anatel é raso e pouco transparente

Relatório anual da agência foi duramente criticado pela escassez de dados sobre a revisão do modelo em andamento e por não abordar questões sensíveis com profundidade.

Anatel ajusta regras de compartilhamento de torres

Quase uma década depois da previsão legal de que não podem ser instaladas essas estruturas a menos de 500 metros umas das outras, agência regulamenta os procedimentos para que as operadoras façam os ajustes necessários. São cerca de 15 mil estruturas inicialmente.

Justiça abre prazo para objeções a plano de recuperação da Oi

Divulgada no início de setembro, proposta da operadora prevê até 70% de desconto a depender do credor ou carência de 10 anos. Também está cogitada a venda de ativos, inclusive a operação de telefonia celular. Prazo de 30 dias conta a partir da lista dos credores, divulgada em 21/9 pela Oi.

CADE pede condenação de empresas do mercado de recarga de telefones celulares

A prática anticompetitiva do mercado de distribuição de recarga eletrônica no pré-pago teria acontecido entre 2007 e 2009, quando o mercado movimentou cerca de R$ 3,5 bilhões.

Revista do 59º Painel Telebrasil 2015
Veja a revista do 59º Painel Telebrasil 2015 As principais empresas prestadoras de serviços e da indústria de telecomunicações e autoridades governamentais e do Legislativo se dedicaram a discutir o tema escolhido para este ano: A evolução dos modelos de negócio das telecomunicações: Desafios políticos e regulatórios.
Clique aqui para ver outras edições


  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G