INTERNET

Bradesco cria aplicativo para o Facebook

Da redação ... 06/03/2012 ... Convergência Digital

Os correntistas Bradesco agora têm uma nova forma de acessar o saldo da conta bancária. Com o novo aplicativo F.Banking Bradesco, os clientes podem visualizar informações sobre a conta por meio do Facebook. Enquanto estiverem navegando pelas páginas do Facebook é possível acompanhar o saldo de suas contas, investimentos e limites de crédito. O Bradesco é a primeira instituição financeira do Brasil e uma das primeiras do mundo a lançar um aplicativo como este voltado para o Facebook.

“Todas as nossas ações estão voltadas para facilitar a vida dos nossos clientes. Seja com os aplicativos para o celular ou com o atendimento realizado nas redes sociais, onde interagimos com atendimento 24X7”, explica Luca Cavalcanti, Diretor dos Canais Digitais Dia & Noite.

Agora, atentos à tendência mundial de utilização do Facebook, o Banco inova ao levar o acesso à conta para mais esse ambiente. “Com essa nova iniciativa que batizamos de F.Banking Bradesco, estamos presentes em mais uma plataforma com o objetivo de fazer com que nosso público consiga otimizar o tempo que tem disponível, utilizando as redes sociais, que estão cada vez mais presentes em suas vidas”, completa Cavalcanti.

Os internautas podem ficar tranquilos com relação à segurança do aplicativo. “Todas as consultas no aplicativo acontecem no ambiente seguro do próprio Bradesco. Nenhuma informação fica armazenada no Facebook”, afirma o diretor. Os dados não correm o risco de serem acessados por terceiros, pois o sistema utilizado para o acesso à conta é o mesmo do Internet Banking, hospedado no ambiente seguro do Bradesco.

“O Brasil mais uma vez mostra que está preparado para a adoção de ferramentas que proporcionam a realização de serviços por meio das redes sociais”, diz Alexandre Hohagen, vice-presidente do Facebook para a América Latina.

Como acessar

1. No primeiro acesso, o Cliente deve acessar a fan page do Banco (facebook.com/Bradesco), aprovar o aplicativo e colocar as informações de agência e conta.

2. Na página seguinte, será necessário inserir a titularidade, a senha de 4 dígitos e o código de acesso gerado pela Chave de Segurança (que pode ser o Token integrado ao celular, o Token Eletrônico, ou o TanCode).

3. No primeiro acesso ao aplicativo, o cliente deve aceitar o termo de uso. Na sequência ele já tem acesso ao saldo da conta.

4. Para encerrar a sessão, basta clicar em “Cancelar Acesso”, localizado no canto superior direito da página.

5. Para os próximos acessos, o aplicativo poderá ser acessado diretamente do menu esquerdo da página inicial do perfil do Cliente no Facebook.


Demi Getschko segue no comando operacional, mas governo faz ajustes no NIC.br

Maximiliano Martinhão - secretário de Política de Informática (Sepin) será o presidente do Conselho de Administração, onde também entra Luiz Fernando Castro.

Net, Vivo e Oi concentram 84,6% da banda larga fixa no Brasil

Números de maio também mostram que mais da metade das conexões à internet no país ainda se escoram sobre a rede legada de fios de cobre – alvo preferencial das mudanças nas regras dos bens reversíveis. 

Entidades lançam campanha Internet sob ataque no Brasil

Movimento Coalização Direitos na Rede, que reúne 10 entidades, denuncia as seis principais ameaças à Rede no Brasil. Entre elas, a portaria que estabelece a Anatel para promover a revisão do atual modelo dos serviços de telecomunicações e o risco ao Marco Civil da Internet.

Ativista que derrubou ‘Porto Seguro’ diz que ‘Escudo da Privacidade’ também vai cair

O advogado austríaco Max Schrems, autor do processo judicial que levou ao cancelamento do acordo sobre transferência de dados entre Europa e Estados Unidos,  diz que o novo acordo mantém os furos contra a privacidade dos internautas.

Iniciativa lista PLs sobre privacidade e liberdade de expressão na internet

Organizada pela Coding Rights (codingrights.org), relação é colaborativa e até aqui reúne 58 propostas legislativas com impacto sobre o uso da rede, como as propostas oriundas da CPI dos Crimes Cibernéticos. 

Revista Abranet 17 . Julho/Agosto 2016
Veja a Revista Abranet nº 17 A Internet que temos no Brasil é a que podemos ter. Planejamento é a melhor estratégia para sobreviver à crise. ISPs: ataques de negação de serviço entre os mais comuns, mas não os únicos.
E mais...
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2016 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G