Home - Convergência Digital

Vivo chega a 10 milhões de dispositivos conectados à IoT

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 22/01/2020

A Vivo Empresas, segmento corporativo da Telefônica Brasil, registrou a marca de 10 milhões de dispositivos conectados máquina-a-máquina, o que a empresa calcula representar 40% dos dispositivos IoT no país. O serviço impulsiona o ecossistema de Internet das Coisas para o mercado corporativo ao ampliar a conexão para os milhões de dispositivos existentes. 

Segundo a Vivo, a plataforma permite que as empresas façam alterações massivas em seus dispositivos, como bloqueio e desbloqueio de linhas, trocas de chip ativo, troca de número, dentre outras funções. Uma mesma empresa pode ter dezenas, centenas ou milhares de dispositivos conectados. A Vivo também ampliou as políticas de segurança, com alertas de acessos suspeitos que são enviados às empresas no momento da detecção. 

Além de segurança de todas as informações e dados trafegados, ela permite integração sistêmica através de APIs, gerenciamento de diferentes tecnologias como NB-IoT e LTE-M, além de analytics para geração de insights importantes para a tomada de decisão do cliente. 

“Utilizamos a conectividade M2M, segmento que somos líderes, como um dos pilares centrais para alavancar nossas iniciativas em IoT, com uma proposta de valor com soluções fim a fim para diversos setores, incluindo segurança e Big Data”, afirma o head de Inovação, IoT e Big Data B2B a Vivo, Diego Aguiar. 

“A Vivo está à frente no mercado, como uma das poucas empresas a desenvolver uma plataforma exclusiva de gerenciamento de conectividade, oferecendo às empresas total autonomia e eficiência na gestão dos dispositivos conectados”, explica Diego Aguiar, chefe de inovação, IoT e Big Data B2B da Vivo. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

25/03/2020
Brasil contabiliza 19% dos projetos de IoT em produção na América Latina

18/02/2020
Conexão das coisas será quase a metade dos acessos à Internet no Brasil em 2023

14/02/2020
É urgente fazer software inteligentes para avançar Internet das Coisas no Brasil

10/02/2020
Bosch usa o Tinbot, robô brasileiro, para ampliar negócios em IoT

31/01/2020
Financiamento para IoT no BNDES recebe propostas até o dia 07

22/01/2020
Vivo chega a 10 milhões de dispositivos conectados à IoT

16/01/2020
Rede de IoT da American Tower atinge 220 cidades

07/01/2020
O carro será uma Internet das Coisas

18/12/2019
Fazendas da Atto Sementes contratam 4G e IoT da Vivo

18/12/2019
Qualcomm e BNDES lançam fundo para IoT já aderente à nova Lei de Informática

Destaques
Destaques

Bloqueio de celular pirata não impediu disparada de 344% no mercado cinza

Segundo dados da IDC Brasil, o resultado de 2019 indica que o aperto no bolso dos brasileiros foi maior que o da fiscalização. Entre os modelos mais baratos, no entanto, o mercado “paralelo” caiu. 

5G vai movimentar mais de R$ 5 trilhões até 2025

Segundo estimativas da GSMA, 80% desse valor será concentrado no investimento nas redes de nova geração. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site