Clicky

Home - Convergência Digital

Justiça mantém uso de celulares para monitoramento da Covid-19 em São Paulo

Convergência Digital* - 08/06/2020

A adoção de medidas restritivas e de isolamento social pelo Poder Público, visando ao enfrentamento da epidemia da Covid-19, resguarda os direitos fundamentais à vida e à saúde e encontra amparo em recomendações e orientações técnicas de órgãos científicos, dentre os quais o Ministério da Saúde e a OMS.

Com esse entendimento, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo negou mandado de segurança impetrado contra o acordo de cooperação estabelecido entre o governo estadual e operadoras de telefonia para monitoramento dos celulares dos paulistas durante a quarentena. 

O acordo permite que o governo receba informações sobre o deslocamento dos cidadãos e, assim, identifique locais onde há aglomerações de pessoas. De acordo com o relator designado, desembargador Getúlio Evaristo dos Santos Neto, não há afronta a direitos individuais, pois os dados apurados são anônimos e sigilosos.

Segundo o desembargador, as elucidações técnicas demonstram o caráter agregado, estatístico e impessoal das informações coletadas. "Razoável concluir que não se utilizam dados pessoais, mas apenas os anonimizados, de quantidade de conexões às Estações de Rádio Base das operadoras, e tão só para apurar as regiões com maior movimentação de pessoas", disse.

A decisão foi por maioria de votos. O relator sorteado, desembargador Antonio Carlos Malheiros, ficou vencido. 

* Do Conjur

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/04/2021
Empregados rejeitam proposta da LG e começam greve em Taubaté

08/04/2021
Sem celulares, LG leva produção de PCs para Manaus e abandona São Paulo

08/04/2021
TI da América Latina será última a se recuperar da pandemia de Covid-19

07/04/2021
Governo de São Paulo se alia ao WhatsApp na vacinação contra Covid-19

06/04/2021
Trabalhadores terceirizados da LG entram em greve e aguardam ação do Governo

05/04/2021
LG diz que fábrica de Taubaté funcionará 'até o fim total dos insumos locais'

05/04/2021
Funcionários decretam estado de greve contra fim da produção de celulares da LG

31/03/2021
XaaS: a nova forma de comprar nuvem e TI nos órgãos públicos

30/03/2021
TI e Telecom são serviços essenciais e não antecipam feriados

26/03/2021
Brasileiro retorna ao pré-pago e sonha com superaplicativo

Destaques
Destaques

Highline se propõe a comprar licença 5G e oferecer espectro como serviço para ISPs

A proposta da empresa, explicou Luis Minoru, diretor de estratégia e novos negócios, é o de oferecer toda a infraestrutura na modalidade de serviço. Já há testes em andamento, não revelados, para o funcionamento da modalidade que inclui a operação de telefonia móvel.

Cobertura 4G chegou a 85% da população mundial, mas metade dela seguiu sem acesso à Internet em 2020

Levantamento da União Internacional de Telecomunicações mostra que a principal razão da exclusão digital é o alto preço do serviço diante da receita do consumidor. "Houve uma queda nos preços, mas precisa cair muito mais para termos um futuro melhor", pontuou o secretário-geral da UIT, Houlin Zhao.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Com rede sujeita a apagões, qual impacto do 5G na energia no Brasil?

Por Pedro Al Shara*

Segundo pesquisa da Vertiv, fornecedora de equipamentos e serviços para infraestrutura crítica, um aumento da ordem de 150% a 170% no consumo energético é projetado no setor de Telecom até 2026. Com toda a inovação que o 5G representa, mais dispositivos poderão acessar a internet móvel ao mesmo tempo, utilizando o mesmo sinal.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site