Home - Convergência Digital

Oi testa 5G na faixa de 3,5GHz em Búzios, no Rio de Janeiro

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo, de Búzios, no Rio de Janeiro - 22/03/2019

Búzios, na região dos Lagos do Rio de Janeiro, foi escolhida pela Oi para passar por uma transformação na infraestrutura de telecomunicações.  Até abril, 25 mil casas estarão com a fibra óptica, hoje, já são 19 mil.  A cidade - conhecida internacionalmente pelas suas praisa - também foi escolhida para um experimento com o 5G, na faixa de 3,5GHz, exatamente a primeira a ser leiloada pela Anatel, em certame previsto para março de 2020. A infraestrutura é 100% Huawei.

Até o final de março, os moradores de Búzios vão poder ver como funciona uma chamada holográfica sobre o 5G, além de entender - por meio de óculos especiais - como a latência baixa faz toda a diferença para a visualização das suas próprias holografias. A infraestrutura montada pela Oi em Búzios conta com 10 ERBs em 4,5GHz, além de três small cells para aumentar a cobertura, que chega a 90% da área urbana da cidade.

Para o diretor de consultoria da Huawei, Júlio Sgarbi, o teste com a Oi em Búzios mostra que a faixa de 3,5GHz está pronta para ter aplicações de 5G. "A infraestrutura 4,5G está pronta para ser atualizada para o 5G. Há ainda a instalação de antenas e a evolução do backhaul, mas é uma implementação que pode levar de três a seis meses", diz o especialista, ao ser consultado sobre o prazo de implementação de uma operação comercial 5G. Além de Búzios, a Oi tem o 4,5G em outras 31 cidades do País.

Antes da frequência, a fibra óptica é essencial para o sucesso da estratégia 5G. "Sem fibra óptica, e investimos muito na fibra óptica, não se tem uma rede robusta de coisas conectadas. Além disso, a fibra é fundamental para assegurar a baixa latência, o diferencial do 5G, e não por acaso, são os hologramas que mais chamam a atenção dos nossos visitantes em Búzios", explica Laone Poletto, diretor de Planejamento de core e transmissão da Oi. Assistam a entrevista feita com o diretor da Oi sobre o projeto em Búzios.

*Ana Paula Lobo viajou a Búzios a convite da Oi

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

25/04/2019
Para a Huawei, América Latina está pronta para o 5G

25/04/2019
5G só será adotado de forma massiva na América Latina a partir de 2022

23/04/2019
Dados Pessoais: Empresas abrem mão da análise de risco e erram feio na estratégia

22/04/2019
Oi monta espaço 5G no evento Rio Creative Conference 2019

22/04/2019
Embratel: Ao definir preferência pela nuvem, governo agiliza jornada digital

18/04/2019
Ministério da Economia avalia proposta de adotar imposto único sobre consumo

18/04/2019
Carros conectados: Comissão Europeia impõe derrota ao 5G e elege o Wi-fi como tecnologia padrão

17/04/2019
Governo descarta redução, mas promete simplificação da carga tributária

17/04/2019
Governo orquestra as compras públicas para pagar pelo uso

17/04/2019
Dados Pessoais: A hora é de fazer, rápido, o dever de casa

Destaques
Destaques

Claro tem menor latência no 4G. TIM a maior cobertura

Relatório trimestral da Opensignal mostra que a disponibilidade do 4G aumentou, de forma considerável, em função do uso da faixa de 700 Mhz. No Rio de Janeiro, por exemplo, o índice subiu de 69,9% para 77,7% no período entre setembro e novembro do ano passado.

UIT sai em defesa da Huawei e diz que entidade decide padrão 5G em outubro

Para Houlin Zhao, não há, até agora, nenhuma evidência que comprove as alegações feitas pelo governo dos EUA contra a fabricante chinesa. Segundo ele, as preocupações sobre a tecnologia 5G estão sendo guiadas por política e comércio.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Smartphones colocam Inteligência Artificial na palma da mão

Por Samir Vani*

Tecnologias como reconhecimento facial, identificação de objetos e realidade aumentada já estão disponíveis na palma das nossas mãos, mas boa parte das pessoas não sabe ainda.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site