Clicky

NEGÓCIOS

Covid-19 repaginou o papel do PC e 5G entra na estratégia corporativa

Ana Paula Lobo ... 17/11/2020 ... Convergência Digital

A Covid-19 repaginou o papel do PC no Brasil, afirmou o presidente da Dell Brasil, Diego Puerta, em entrevista coletiva para divulgar a terceira edição do Índice de Transformação Digital da Dell Technologies 2020 (DT Index 2020), nesta terça-feira, 17/11. Segundo ele, as vendas de PC aconteceram por conta da produtividade ofertada pelo dispositivo.

"O PC ganhou uma ressignificância junto ao consumidor. Não vejo PC x smarpthone, até porque um oferece produtividade e outro mobilidade. Mas o PC voltou a entrar no orçamento restrito do consumidor. Vendeu-se muito mais PC do que smartphone na pandemia", observou Puerta, admitindo que o alto custo do dólar impactou nas vendas. "Essa é uma indústria muito indexada ao dólar. As margens são pequenas e os repasses imediatos. Se o dólar não tivesse subido tanto, venderíamos muito mais", observou.

A terceira edição do Índice de Transformação digital da Dell Technologies 2020 mostra ainda que nos investimentos em TI associados à transformação digital em andamento, as prioridades das empresas brasileiras são cibersegurança e privacidade (66%) e, na sequência, empatadas com 65,5% das menções aparece: análise e gestão de dados, ambiente de trabalho digital e serviços digitais sob demanda.

Já quando questionadas sobre quais os principais projetos para os próximos um a três anos, a maioria (53%) das empresas instaladas no Brasil, cita a preparação dos ambientes para o 5G ficando à frente do multicloud, que aparece com 52%. Cibersegurança desponta na terceira posição com 48%.

"Os ataques recentes de cibersegurança mostram que muitas empresas brasileiras não têm uma estratégia sólida e ficam expostas as fragilidades, causando dano à imagem e à reputação. Na verdade, cibersegurança não é uma questão da tecnologia, mas, sim, de negócios. A tecnologia neste caso é um meio para fomentar a proteção. As corporações precisam mudar a cultura", avaliou o presidente da Dell Brasil, Diego Puerta.


Intelsat contrata e abre centro de suporte a clientes no Brasil

Para o centro brasileiro, localizado no Rio de Janeiro, a empresa de satélite contratou 10 funcionários, que serão responsáveis pelo atendimento a clientes no país e em toda a América Latina.

Competitividade: o mantra do Brasil no jogo da economia digital

Em entrevista à CDTV, o executivo falou sobre os três objetivos estratégicos para 2021: reforma tributária digna para desonerar o emprego; formação de talento e medidas para garantir o uso intensivo de dados.

Produção setorial de TIC foi de R$ 506,5 bilhões em 2020

Apesar da crise econômica agravada pela Covid-19, o setor de TI e Comunicação cresceu 2.4% no ano passado, de acordo com dados da Brasscom. O segmento de software e serviços gerou R$ 216,1 bilhões, com crescimento de 5,1% e o de telecom, R$ 240,5 bilhões, mas com uma queda de 0,4%. Setor respondeu por 6,8% do PIB nacional.

Software brasileiro tem futuro ameaçado por falta de pessoas qualificadas

"O Brasil não tem de ser um celeiro de mão de obra, um BPO. Temos de fazer tecnologia. Mas falta política pública. Em 20 anos, nada aconteceu", lamenta o CEO da Plusoft, Solemar Andrade.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G