Convergência Digital - Home

SentinelOne libera gratuitamente proteção de endpoint com IA para trabalho remoto

Convergência Digital
Convergência Digital* - 27/03/2020

A israelense SentinelOne, primeiro fabricante de End Point Protection baseados em inteligência artificial, liberou gratuitamente seu sistema que inclui antivírus, antimalware, para uso doméstico e corporativo, sem limite de licenças ou de dispositivos. A solução SentinelOne CORE, que protege empresas de todos os portes com tecnologia que identifica e mitiga de forma autônoma ataques cibernéticos, está disponível até 16 de maio de 2020.

A decisão da companhia, apoiada no Brasil por seu distribuidor CLM, especializado em segurança da informação, visa ajudar as organizações a atravessar esse período em que o Covid-19 obriga as empresas de recorrerem amplamente ao home office, para proteger a vida e a saúde dos seus colaboradores.

O diretor de produtos da CLM, Gabriel Camargo, explica que com o home office as ameaças às redes corporativas cresceram, com colaboradores humanos trabalhando em casa, acessando recursos das organizações. "É preciso muito cuidado com as ameaças de vírus, malwares e ataques direcionados," assinala.

A SentinelOne explica que enquanto o mundo enfrenta o Covid-19, as empresas têm que lidar com as necessidades imediatas de trabalho em casa e os desafios da proteção além do perímetro da rede. Desta forma, "desde 16 de março até 16 de maio, o SentinelOne CORE e os serviços de implantação rápida são oferecidos gratuitamente para quem quiser," informa.

A iniciativa coloca à disposição, imediatamente, recursos imprescindíveis à segurança dos usuários remotos, à disposição dos profissionais de segurança das corporações, durante esse período de necessidade de interrupção do convívio das pessoas em um mesmo ambiente.

O SentinelOne CORE é uma solução de segurança cibernética que abrange prevenção, detecção, resposta e busca com inteligência artificial em endpoints, contêineres, carregamento de trabalho na nuvem e dispositivos de IoT em uma única plataforma autônoma. Além disso, a instalação da tecnologia leva minutos.

Uso ilimitado de licenças, dispositivos e suporte

O programa inclui o uso ilimitado de licenças tanto em sistemas corporativos como de home office para todos os dispositivos. Com a tecnologia avançada da SentinelOne as corporações podem gerenciar e proteger de forma centralizada todo tipo de equipamento nos sistemas operacionais Windows, Mac e Linux, sem conectividade ou dependência de rede. Além disso, os especialistas do SentinelOne vão ajudar remotamente as equipes das organizações a implantar e configurar essa tecnologia nativa da nuvem.

SentinelOne Core: prevenção, detecção e resposta automatizada por inteligência artificial, em um único agente leve e autônomo, sem ter que se preocupar com assinatura de vírus conhecidos, zero day de verdade, substituição de todos os antivírus herdados nos sistemas operacionais Windows, Mac e Linux.

O SentinelOne não depende de um banco de dados de assinaturas de vírus, uma vez que ele analisa o comportamento do dispositivo e funciona também sem conectividade e dependência da rede das empresas.

Serviços de implantação: assistência remota à implantação para garantir instalação rápida e configuração personalizada

"Durante esses tempos difíceis, a iniciativa da SentinelOne visa reduzir as investidas dos cibercriminosos, que ficam no controle quando os alvos estão mais vulneráveis ​​do que nunca, principalmente nos setores de negócios e de saúde", afirma o CEO e cofundador do SentinelOne, Tomer Weingarten. Inscrições, downloads e demais informações estão disponíveis em go.clm.com.br/AntiVirusCovid19

 


 


Destaques
Destaques

Embratel centraliza dados do ministério da Saúde na nuvem

Os dados do Portal do Ministério da Saúde, do Portal Coronavírus e e-SUS-VE foram 100% migrados para a nuvem da Embratel. Entre os aplicativos migrados está o CoronavírusSUS. Os apps de saúde já atingiram picos de mais de 80 milhões de acessos diários.

Compartilhamento de dados fomenta o big data no governo federal

A TIC Governo Eletrônico 2019 mostra que ainda há muito por usar em análise de dados no governo. O MPF foi o maior utilizador dos dados para análise. O Executivo ficou com apenas 20%. Serviços na nuvem também ficam aquém do desejado.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site