Home - Convergência Digital

Liberação da faixa de 700 MHz aumentou velocidade e tempo de uso do 4G

Convergência Digital - 14/11/2019

A liberação da faixa de 700 MHz para a disponibilização de sinal 4G pelas operadoras brasileiras trouxe avanços na experiência móvel dos usuários das principais cidades do país. É o que aponta o último relatório da Opensignal, empresa de análises móveis. As três principais operadoras do país - TIM, Claro e Vivo - passaram a utilizar a banda de 700 MHz para o 4G após o fim da TV analógica no ano passado.

De acordo com as análises da Opensignal, após a mudança, o tempo que os usuários das 10 maiores cidades brasileiras passaram conectados ao 4G aumentou em pelo menos 4%. Porto Alegre, que recentemente registrou os melhores índices de velocidade 4G na América do Sul , foi a cidade brasileira que apresentou a maior evolução na disponibilidade de sinal, ou seja, na proporção de tempo que as pessoas têm acesso à internet móvel: quase 10%.

"As licenças móveis nas faixas de 700 MHz são muito procuradas, uma vez que a frequência relativamente baixa é ideal para propagação de rede em uma área ampla. Por ser uma faixa de frequência mais baixa, ela oferece também boa penetração em edifícios e lugares fechados, o que é muito importante nas grandes cidades", avalia Peter Boyland, analista da Opensignal.

A velocidade de download também apresentaram avanços importantes nas principais cidades do país. Manaus foi a capital que observou a maior evolução, com quase 5 Mbps a mais de velocidade em relação ao ano passado, o que representou aumento de 50%. Todas as demais cidades analisadas avançaram em 3% ou mais, com exceção de Porto Alegre, que observou uma ligeira queda na velocidade do 4G devido a um maior congestionamento das redes ocasionado pela melhora da disponibilidade de sinal.

A Opensignal também avaliou a porcentagem das medições de velocidade de download 4G na faixa de 700 MHz e constatou que o uso do espectro já é generalizado. Pelo menos 16% das análises de dados foram de usuários conectados aos 700 MHz nas 10 maiores cidades, com a maior proporção, de 27%, na capital Brasília.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/06/2020
Claro bate rivais em banda larga móvel, TIM tem a menor latência

28/04/2020
Uninove e Vivo Empresas firmam parceria por conexão móvel gratuita para alunos e professores

07/02/2020
Femtocells terão tratamento igual a dos roteadores Wi-Fi na Anatel

14/11/2019
Liberação da faixa de 700 MHz aumentou velocidade e tempo de uso do 4G

25/10/2019
FCA e Sebrae lançam desafio de até R$ 100 mil para carro conectado

23/09/2019
UIT: Mundo tem dificuldade para levar Internet aos 3,7 bilhões desconectados

14/08/2019
Melhor horário para navegar no 4G é às 4 da manhã na América Latina

23/07/2019
TIM e Vivo vão compartilhar redes 2G e 4G em 700 Mhz

29/03/2019
Um terço dos brasileiros desperdiça dados móveis

26/03/2019
4G em 700 MHz já está liberado em 5.090 municípios

Destaques
Destaques

Oi Móvel terá um 'único' dono e Oi não se exclui do jogo do 5G

O CEO da Oi, Rodrigo Abreu, descartou a possibilidade de vender a Oi Móvel 'fatiada' para atender aos interessados: Vivo/TIM e Claro. "Sem chance. O ativo será vendido todo", disse. Sobre o 5G, diz que dependendo do modelo de venda, a Oi entra pensando em B2B, IoT e até para ser MVNO.

Regulamentação de IoT passa por tratar a coleta e a proteção dos dados

De acordo com a KPMG, será preciso ainda cuidar da avaliação de riscos, governança, gestão da configuração e gestão da cadeia de suprimentos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site