Clicky

Home - Convergência Digital

5G privado para o B2B faz Telefônica fazer teste com rede open source TIP

Convergência Digital* - 05/03/2021

A Telefônica, controladora da Vivo, vai testar uma rede privada 5G, desenvolvida por um grupo de trabalho do Telecom Infra Project (TIP), que promete mais economia e flexibilidade em relação às abordagens tradicionais. O vice-presidente sênior de inovação tecnológica e ecossistema da Telefônica e diretor do conselho da TIP, Juan Carlos Garcia, afirmou que o projeto vai ajudar as operadoras “a abordar as oportunidades estimulantes que o 5G está criando no segmento empresarial, tanto por meio de recursos para nossos clientes quanto de operações de rede mais eficientes” .

A TIP disse que o Grupo de Soluções de Rede Privada 5G foi estabelecido para lidar com os pontos fracos na economia e flexibilidade operacional das arquiteturas de rede tradicionais em cenários empresariais. O grupo vai criar uma arquitetura nativa de nuvem aberta para redes 5G privadas, incorporando elementos de uma plataforma de implantação de entrega contínua de integração contínua (CI / CD) criada anteriormente pelo grupo de projetos OpenRAN da TIP.

Inicialmente, os testes com a nova arquitetura vão acontecer no laboratório TIP em Madrid. Depois haverá testes de campo em Málaga, na Espanha, mas a Telefônica não revela cronograma de datas. Os principais objetivos do projeto incluem o fornecimento de conectividade 5G de alto desempenho e infraestrutura de computação de ponta cobrindo vários setores corporativos; economia de rede aprimorada por meio do uso de hardware comoditizado, software de código aberto e automação; e melhor segurança de rede.

Redes privadas têm sido um tema quente recentemente: no MWC Shanghai, realizado no mês passado, o presidente e CEO da Nokia, Pekka Lundmark, estimou que os gastos excederão as redes públicas tradicionais na próxima década, citando o “enorme apetite” da indústria.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/04/2021
Kaspersky define 5G como instigante e prioriza Centro de Transparência do Brasil

20/04/2021
TCU vê risco de Justiça parar 5G por disputa com satélites

20/04/2021
TIM alcança 1,8 Gbps no 5G stand alone no Brasil

19/04/2021
Qualcomm demonstra chamadas 5G com ondas milimétricas

16/04/2021
Romênia se junta à Suécia e Reino Unido e tem projeto para barrar Huawei no 5G

15/04/2021
América Latina se divide sobre uso de ondas milimétricas

15/04/2021
Leilão de 26 GHz terá disputa no Brasil

14/04/2021
Ericsson registra patente brasileira para o 5G

13/04/2021
No 5G, Oi desponta como 'azarão' na faixa de 26GHz

12/04/2021
IHS ainda negocia com a TIM, mas compra mais 602 torres no Brasil

Destaques
Destaques

Brasil está fora dos países liberados pela Espanha para o Mobile World Congress

Programado para acontecer de 28 de junho a 01 de julho, o organizador, GSMA, fechou um acerto com as autoridades espanholas para isentar os participantes das restrições impostas às pessoas de fora da União Europeia.

Highline se propõe a comprar licença 5G e oferecer espectro como serviço para ISPs

A proposta da empresa, explicou Luis Minoru, diretor de estratégia e novos negócios, é o de oferecer toda a infraestrutura na modalidade de serviço. Já há testes em andamento, não revelados, para o funcionamento da modalidade que inclui a operação de telefonia móvel.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Com rede sujeita a apagões, qual impacto do 5G na energia no Brasil?

Por Pedro Al Shara*

Segundo pesquisa da Vertiv, fornecedora de equipamentos e serviços para infraestrutura crítica, um aumento da ordem de 150% a 170% no consumo energético é projetado no setor de Telecom até 2026. Com toda a inovação que o 5G representa, mais dispositivos poderão acessar a internet móvel ao mesmo tempo, utilizando o mesmo sinal.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site