Clicky

Home - Convergência Digital

Amdocs compra Openet por negócios 5G

Convergência Digital* - 14/08/2020

A Amdocs, companhia especializada no fornecimento de software e serviços para empresas de comunicação e mídia, anunciou a assinatura do contrato definitivo para adquirir a Openet, fornecedora líder mundial de tecnologias 5G de cobrança, políticas e nuvem. Valor estimado foi de US$ 180 milhões.

De acordo com a marca, a operação permitirá que que os clientes da Amdocs possam utilizar as tecnologias abertas (open source) que estão centradas na rede da Openet. Essa integração será especialmente benéfica para os negócios que estão investindo nos avanços de tecnologias como 5, nuvem, Edge Computing e IoT, entre outras.

“Estamos muito felizes que a equipe inovadora da Openet esteja se juntando à Amdocs. Eles trazem excepcionais recursos nativos da nuvem, expertise em rede e profunda experiência em cobranças, políticas e gerenciamento de dados de 5G”, disse Shuky Sheffer, presidente e diretor executivo da Amdocs Management Limited. "As soluções Openet complementam nosso portfólio e essa aquisição faz parte da nossa missão de acelerar a jornada do setor para a nuvem".

Fundada em 1982 em Israel (mas atualmente baseada no Missouri, EUA), a Amdocs vem atuando de forma consistente dentro do mercado de telecomunicação. Já a Openet foi fundada em 1999 em Dublin, na Irlanda, e se destaca especialmente na área de policy management (gestão de documentos para assegurar a conformidade das empresas).
 
"Estamos empolgados em nos juntar ao time da Amdocs, com quem acompanhamos clientes há muitos anos e ajudamos a agregar valor rapidamente aos planos de 5G dos provedores de serviços. É realmente um dia importante para a Openet e para todas os nossos stakeholders”, disse Niall Norton, CEO da Openet. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/01/2021
Operadoras abraçam Open RAN aberto, mas cobram financiamento da União Europeia

19/01/2021
EUA querem dar a faixa de 12 GHz para o 5G

15/01/2021
Teles querem deixar migração das parabólicas para depois do leilão 5G

11/01/2021
Consumidor abre mão de acesso 5G por bateria com mais duração

05/01/2021
Brasileiro será CEO global da Qualcomm a partir de junho

18/12/2020
Abinee: Diferença de custo entre migração e mitigação no 5G é menor do que apontam teles

16/12/2020
Capdeville, CTIO da TIM: "Usamos equipamentos chineses há vinte anos e não há nada que desabone a rede brasileira"

16/12/2020
TIM: dizer que 5G DSS não é o 5G é obrigatório para não queimar a tecnologia

15/12/2020
Ceitec, no RS, tem estrutura para produzir chips 5G

11/12/2020
Algar Telecom testa OpenRAN em centro de 5G criado pela IBM, Flex e FIT

Destaques
Destaques

Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

Segundo a mais recente análise da OpenSignal, TIM tem a rede de quarta geração com maior disponibilidade, 88,2%, à frente da Claro (79%) e Vivo (79,5%), Oi (70,2%). 

Um em cada quatro acessos móveis na América Latina será 5G até 2026

Nova edição do Relatório de Mobilidade da Ericsson aponta que até o final de 2020, mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo já estará usando 5G. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Edição de genes: como o 'reparo' do DNA pelo CRISPR impulsionará a Agricultura

Por Eduardo Prado*

Técnica permite o 'reparo' do DNA com altíssima precisão, o que permite, por exemplo, consertar 'mutações defeituosas' do DNA. A aparecimento da técnica deu um grande alento para o tratamento de doenças genéticas complexas. Estima-se que 6.000 doenças genéticas são causadas por mutações defeituosas, e apenas 5% delas pode ser tratada atualmente (sic!) ..


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site