11/12/2020 às 13:15
Inovação


Ericsson processa Samsung por patentes em briga de até R$ 900 milhões
Convergência Digital*

A Ericsson entrou com uma ação nos Estados Unidos contra a Samsung em uma disputa sobre pagamentos de royalties e licenças de patentes, o que fez com que as ações da companhia sueca caíssem drasticamente nesta sexta-feira, 11/12, uma vez que ela alertou que a disputa poderá afetar seu lucro.

O atraso no pagamento de royalties e os custos legais potenciais podem reduzir a receita operacional da Ericsson em 1 a 1,5 bilhão de coroas suecas (R$ 600 milhões a R$ 900 milhões ) por trimestre, a partir dos primeiros três meses de 2021, disse a fabricante de equipamentos de telecomunicações.

Qualquer interrupção nos pagamentos pode ser recuperada assim que a disputa for resolvida.

Os royalties de seu portfólio de patentes devem representar cerca de um terço das 29 bilhões de coroas de lucro operacional da Ericsson previsto para 2021, e este processo pode reduzir os lucros em cerca de 20% ao trimestre, disse o analista Janardan Menon, da Liberum.

“Assim que recebermos a queixa, iremos analisá-la e determinar uma resposta apropriada”, disse uma porta-voz da Samsung. A última disputa de royalties de patentes entre as duas empresas foi em 2012, quando a Ericsson entrou com uma ação legal contra a empresa sul-coreana por supostas violações de patente.

O processo levou dois anos para ser concluído, com a Samsung pagando US$ 650 milhões à empresa sueca, além de o equivalente a anos de royalties para encerrar a disputa.

* Com informações da Reuters


Powered by Publique!