INTERNET

Com alta de 15%, Brasil é o segundo maior alvo de ataques web no mundo

Luís Osvaldo Grossmann ... 30/11/2017 ... Convergência Digital

O mais recente relatório da Akamai sobre segurança na internet indica um crescimento global de 69% nos ataques via web, com destaque para o uso de malwares que exploram redes de internet das coisas. O estudo aponta ainda que o Brasil continua como o segundo principal alvo desses ataques, atrás apenas dos Estados Unidos. 

Por aqui, a alta nos ataques foi de 15% em comparação com o terceiro trimestre de 2016, com 28,6 milhões de ataques registrados no terceiro trimestre de 2017 pela empresa de distribuição de conteúdo. Os EUA lideram de longe, sendo alvo de 323 milhões de ataques no mesmo período, o que representa um aumento de 48% com relação ao trimestre anterior – e contra uma média mundial de 8%. 

O Brasil também figura com destaque no relatório por ser origem de 6,1% dos ataques em aplicações web, o que coloca o país em quinto nesse ranking, liderado por EUA, Rússia, Holanda e Ucrânia. Em si uma melhora com relação ao levantamento feito pela Akamai no início de 2017, quando o Brasil aparecia como a terceira principal origem desse tipo de ataque. 

Ainda segundo a Akamai, no caso dos ataques de negação de serviço (DDoS), “a indústria de jogos online novamente sofreu a maior parte, com 86% dos ataques DDoS no terceiro trimestre, acima dos 82% registrados no trimestre anterior”. 


Europa busca consenso para taxar gigantes da Internet

Uma nova proposta costurada por Alemanha e França reduz o escopo da cobrança para mirar apenas nas receitas com publicidade.

5G exige rediscussão imediata da neutralidade de rede

"Serão novas e tão diferentes aplicações, e algumas até podem fazer a diferença entre a vida e a morte. A questão da neutralidade precisa ser encarada agora no mundo e aqui no Brasil", sustenta o diretor da 5G Americas e de Relações com o Governo da Ericsson Brasil, Tiago Machado.

Serviço de streaming de esporte chega ao Brasil e usa YouTube e Facebook

A DAZN inicia oferta comercial em março do ano que vem e terá exclusividade da Copa Sul-Americana de 2019. Modelo de negócio é por curto prazo e por partida transmitida. Empresa, especializada em esportes, tem atuação na Europa, EUA e Ásia

Associação de OTT quer Autoridade de Dados tratada na transição do governo Bolsonaro

Associação Brasileira de OTT diz que a criação da autoridade poderá ficar prejudicada após a intensa mudança de quadros no Executivo e Legislativo o que poderá prejudicar a aplicação efetiva da Lei de Dados Pessoais em 2020.

Só 27% dos que usam smartphones se sentem no controle dos dados pessoais

Pesquisa em 10 países, inclusive no Brasil, aponta que os sucessivos casos de vazamentos e novas leis de proteção da privacidade despertaram a preocupação com dados pessoais e 76% tentam protegê-los.

Revista Abranet 26 . nov-dez 2018 / jan 2019
Veja a Revista Abranet nº 26 Estudo da Abranet revela a existência de um universo díspar entre os prestadores, o que impõe desafios à regulamentação mínima necessária para manter o mercado estruturado e o limite aceitável para a sobrevivência das empresas.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G