Home - Convergência Digital

Serpro: TST propõe reajuste de 3,55% para acordo coletivo

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann* - 27/06/2019

O Tribunal Superior do Trabalho apresentou uma proposta de acordo coletivo a ser avaliado pelos trabalhadores e pela direção do Serpro. A exemplo do que foi negociado pela Dataprev, o reajuste salarial proposto equivale a 70% da inflação dos 12 meses anteriores a maio deste 2019. O que significa uma correção de 3,55% nos salários. 

“Não se pode ignorar que a inflação do período sofreu elevação significativa, o que tem dificultado o fechamento do índice para diversas categorias com data-base no mesmo período”, afirmou o vice-presidente do TST, Renato de Lacerda Paiva, que apresentou a proposta de acordo. O próprio ministro reconheceu, no entanto, que e “há ainda impasses sobre algumas cláusulas sociais”.

Se o acordo na Dataprev envolveu poucas mudanças nos termos gerais do acordo coletivo, no caso do Serpro a proposta incorpora três dezenas de alterações. Segundo a Fenadados, nesse caso um acordo está mais distante especialmente por conta das alterações no plano de saúde dos funcionários da estatal. 

* Com informações do TST

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/02/2020
CGU abre licitação de R$ 201 mil para transferir datacenter para o Serpro

07/02/2020
Serpro quer achar empresa especializada em redes óticas no Brasil

31/01/2020
PGFN concede poderes ao BNDES vender o Serpro

27/01/2020
Serpro consulta mercado para contratar sistema de gestão de documentos

24/01/2020
Serpro vai oferecer Dados como Serviço ao Comando da Aeronáutica

23/01/2020
Governo abre mão das estatais de TICs e oficializa venda do Serpro

22/01/2020
Secretário de Desestatização acusa Serpro e Dataprev de venderem dados pessoais

21/01/2020
Serpro corrige falhas e restabelece serviços da Receita Federal

16/01/2020
Falha em equipamentos do Serpro causa instabilidade em serviços da Receita

16/01/2020
Governo diz que não vai vender dados de Serpro e Dataprev, mas pode terceirizar custódia

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

Faltam profissionais para cuidar dos ataques cibernéticos no Brasil

Ao publicar a Estratégia Nacional de Segurança da Informação, a e-ciber, o governo admite que o País possui poucos profissionais especializados em segurança cibernética; que há uma baixa conscientização dos usuários com relação ao tema e que é preciso urgente criar um programa nacional destinado à formação técnica nos órgãos do governo e nas empresas privadas.

TI e Internet lideram 13 dos 15 cargos profissionais em alta no Brasil

Levantamento feito pelo Linkedin mostra que gestor de redes sociais, engenheiro de cibersegurança, cientistas de dados e desenvolvedores seguem tendo alta demanda no mercado.

Déficit de mão de obra na América Latina será de 570 mil profissionais em 2020

Empresas da região vão investir nas tecnologias da terceira plataforma - cloud, analytics, Inteligência Artificial - e vão requisitar cada vez mais especialistas em programação e desenvolvimento, projeta estudo da IDC América Latina.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site