Home - Convergência Digital

Cidade do Rock no Rio vira Cidade 5G

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 30/09/2019

A 20ª edição do Rock in Rio abriu nesste final de semana e a cidade do Rock se tornou a primeira cidade 5G do país, graças a uma rede implantada pela Oi em parceria com a Huawei para testes e experiências de uso da nova tecnologia,. Foi a primeira vez que o público do Rock in Rio – estimado em 100 mil pessoas por dia – pôde estar conectado por uma rede de WiFi gratuita, disponível para clientes de qualquer operadora.

Apenas nos três primeiros dias do festival o consumo de dados alcançou 34,28 Terabytes, volume que equivale a mais de 28 milhões de fotos em alta definição. Foram registradas mais de 14,7 mil conexões simultâneas no Oi Wifi no domingo, terceiro dia do Rock in Rio. A Oi montou uma infraestrutura de fibra óptica de 56 quilômetros para atender exclusivamente o evento.

Cidade 5G

Quinta geração da conexão móvel, ainda não disponível no Brasil, o 5G foi usado pela equipe de conteúdo do evento para a cobertura em suas redes sociais, com lives diárias e posts na sessão “Por trás das Câmeras”. As postagens mostraram os bastidores do que aconteceu durante as 14 horas diárias de festa no maior festival de música e entretenimento do mundo, com mais de 250 atrações espalhadas por nove palcos. O 5G tem uma performance até 10 vezes superior à da rede 4G, possibilitando altíssima velocidade no envio e recebimento do conteúdo trabalhado pela equipe do Rock in Rio durante o festival.

“Estamos bastante satisfeitos com o primeiro fim de semana de Rock in Rio, onde implantamos com sucesso a rede 5G e transformamos o evento na primeira cidade conectada pela nova tecnologia, com aparelhos operando nessa rede em alta velocidade e baixíssima latência. O WiFi liberado também atendeu todo o público presente, que pôde compartilhar facilmente fotos e vídeos nas suas redes ”, diz José Claudio Moreira Gonçalves, diretor de Operações da Oi.

Outra ação foi o lançamento da versão mobile do jogo Call of Duty, que foi criado no início dos anos 2000 para PCs e depois ganhou versões para diversos tipos consoles. O game foi lançado no espaço Freeplay, na Oi GamePlay Arena by GameXP, onde o público pode jogar online em smartphones 5G conectados pela Oi. A ação é resultado de uma parceria entre a Game XP e a Oi, primeira operadora brasileira a fazer testes com a quinta geração de telefonia móvel em demonstrações abertas ao público no Brasil.

Já a cobertura do Oi Wifi se estendeu por 345 mil m² do evento – quase a totalidade do parque –, incluindo o Palco Mundo, com 550 hotspots. Para manter a alta conectividade do local e a disponibilidade de todos os serviços (Internet, Oi WiFi e celular), foram instaladas também sete antenas para reforço da cobertura móvel 3G e 4G.

O som dos palcos Mundo e Sunset foi transmitido pela fibra da Oi, assegurando a amplificação dos shows para toda a Cidade do Rock com baixíssima latência, o que eliminou a possibilidade de delay entre a imagem do artista no telão e o som que chegava nas caixas distantes do palco. O sistema de iluminação dos dois palcos também utilizou a fibra da Oi.

Responsável por fornecer toda a infraestrutura de internet e conectividade do Rock in Rio 2019, a Oi está fornecendo links de dados de altíssima capacidade, totalizando 30 GB para garantir a conexão do evento. Para assegurar a disponibilidade dos serviços de internet na Cidade do Rock, que está totalmente conectada pela fibra da Oi, a companhia montou o NOC (Network Operation Center), o Centro de Monitoração Integrado que controla toda a operação na Cidade do Rock.

*Com informações da Oi

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

28/05/2020
Oi avança com comunicação unificada na nuvem

28/05/2020
Por mudança no plano de recuperação judicial, Oi adia divulgação de resultados

27/05/2020
Cisco: 'Sempre estivemos e estamos no jogo do 5G"

27/05/2020
Coronavírus atrasa entrega de telefones 5G e impacta venda global de celulares

25/05/2020
TST manda Oi pagar sobreaviso para funcionário disponível pelo celular fora do expediente

22/05/2020
Anatel: Parabólicas comprometem porta de entrada do 5G no Brasil

22/05/2020
Oi: Covid-19 reforçou telecom como essencial, mas impasse tributário continua

21/05/2020
Anatel confirma que filtros não resolvem interferência do 5G nas parabólicas

21/05/2020
Multilaser vai fabricar receptores de TV paga para a Oi TV

18/05/2020
Oi apresenta números melhores, mas segue com geração de caixa líquida negativa em março

Destaques
Destaques

Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

TIM e Claro se posicionam claramente contra a realização do leilão ainda em 2020. A Vivo se mostra mais cautelosa, mas admite que está tudo muito nebuloso por conta da economia e da pandemia de Covid-19. Todas asseguram que o momento ainda é de muito investimento no 4G e no 4,5G.

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Para além da guerra da saúde pública, não adiem o leilão do 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

O setor de telecomunicações tem suportado a sobrecarga derivada da pandemia de Covid-19. Mas, reforcem essas redes com tecnologia mais avançada para prover serviços de baixa latência. Dessa forma, não se postergue o leilão das redes ditas de quinta geração (5G) e atenção à segurança cibernética.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site