08/07/2020 às 16:15
Negócios


Positivo Tecnologia: "Falta PC para vender no varejo"
Ana Paula Lobo e Pedro Costa

Não veio a tempestade que parecia se desenhar com a pandemia de Covid-19 e, hoje, faltam modelos de computadores para atender a demanda do mercado varejista da indústria nacional, reconhece Norberto Maraschin Filho, vice-presidente de Negócios de Consumo e Mobilidade da Positivo Tecnologia, em entrevista exclusiva ao Convergência Digital.

O executivo conta que, completados três meses da pandemia, a demanda por computadores cresceu 50% e a produção se esforça, agora, para suprir os pedidos do varejo. "Hoje o estoque no varejo, sempre em torno de três meses, está em menos de 30 dias", assume Maraschin Filho.

O vice-presidente de Negócios de Consumo e Mobilidade da Positivo Tecnologia lembra que junto com a pandemia, no fim de março, o dólar disparou e o custo de um PC embute, pelo menos, 85% de componentes importados. Mas apesar disso, o home office e o isolamento social recuperaram o desejo pelo notebook, agora, tão cobiçado quanto um smartphone, na visão do executivo da Positivo Tecnologia.

"E mais do que isso: houve uma mudança de visão sobre marcas. Nós confiamos muito na nossa capacidade. Nós sabemos fazer tecnologia como os coreanos, os chineses. E o cliente se mostrou disposto a apostar em uma empresa nacional", reforçou Norberto Maraschin Filho. Assistam o trecho sobre a falta de produto no mercado brasileiro.


Powered by Publique!