Clicky

Convergência Digital - Home

IA Carol, da TOTVS, liderou força-tarefa por soluções no combate à Covid-19

Convergência Digital
Ana Paula Lobo* - 06/07/2020

A Carol, a inteligência artificial da TOTVS, foi a ferramenta estratégica da companhia para o desenvolvimento de soluções para atender o mercado na pandemia de Covid-19, contou o VP da companhia, Marcelo Eduardo Cosentino. Segundo ele, as empresas estão no modo sobrevivência e coube à TOTVS simplificar um dia a dia já bastante turbulento.

"As empresas querem preservar seus negócios. E cabe a nós ajudar com as ferramentas mais corretas possíveis. A Carol se transformou na ferramenta para fazermos as soluções, mesmo que também em home office", diz o executivo, em entrevista ao Convergência Digital. Entre as soluções desenvolvidas - a toque de caixa - para suprir as necessidades dos clientes estão o registro de ponto remoto, no qual a Carol auxilia os departamentos de RH nos tempos de trabalho remoto com a plataforma Clock-In, que permite que funcionários façam seus registros de ponto por meio de reconhecimento facial.

Com ela, o ponto eletrônico é registrado a partir de um app no smartphone, por meio de uma tecnologia de escaneamento digital da face dos colaboradores, geolocalização e processamentos de deep learning, que identificam o funcionário e a sua localização em frações de segundos, e tudo isso sem que o dispositivo esteja conectado à internet.

Marcelo Cosentino lembrou que uma das verticais mais atingidas pela pandemia foi o mercado hoteleiro. E a demanda foi permitir que a integração gratuita entre produtos dos segmentos de Hotelaria e de Saúde permitissem a transformação temporária de quartos de hotel em leitos hospitalares de campanha durante a crise da COVID-19. Com a ferramenta –disponível de forma gratuita para os clientes do software TOTVS Hospitalidade PMS por quatro meses – os hotéis passaram a ter no cadastro do hóspede um prontuário médico eletrônico que inclui dados de evolução da doença, receituário de medicamentos, enfermagem, solicitações de exames e outras orientações. Na prática, os hotéis ficam assim preparados para utilizar sua infraestrutura como local de quarentena e tratamento de casos mais brandos da doença.

Sobre a LGPD, o VP da TOTVS admite que é um desafio, mas lembra que a nova lei não se suporta apenas com a contratação de especialistas ou de programas adequados. "É necessário mudar a cultura de como se trata o dado. Não tem jeito: as companhias terão de mudar o seu dia a dia. No caso das nossas ferramentas, elas estarão adequadas já para agosto, mesmo que a vigência da legislação passe para maio de 2021", informou Marcelo Eduardo Cosentino.


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Destaques
Destaques

Brasil investe muito pouco em Inteligência Artificial

O aporte previsto no País é de R$ 70 milhões, muito abaixo, por exemplo do que está sendo feito em países como China, Coreia e Espanha, lamentou o consultor de IA, Eduardo Prado, ao participar do 5x5 TecSummit. Ele advertiu que a transformação digital não acontecerá sem que se mexa nas cabeças das pessoas.

AWS: Nuvem reduz custos em 61% e aumenta eficiência da TI em 74%

O diretor geral da AWS Brasil, Cleber Morais, enfatiza que 2020 foi o ano da disparada na transformação digital e destaca que as instituições financeiras da América Latina estão investindo 76% acima do ano passado em IaaS, PaaS e SaaS. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O desafio de administrar toda a rede a partir da nuvem

Por Ed Solis*

De acordo com a consultoria Omdia, o mercado de redes gerenciadas em nuvem cresce a uma taxa anual composta de 28,7%, com receitas de equipamentos previstas em US$ 5,5 bilhões

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site