Home - Convergência Digital

Faculdade Anhanguera lança Academia Tech com 12 cursos de tecnologia

Convergência Digital* - 19/02/2021

A Faculdade Anhanguera lançou o Academia Tech, um pool de cursos em tecnologia da informação para o ensino superior. O portfólio foi desenvolvido para tornar jovens, recém-formados e desempregados, nos profissionais mais requisitados no momento. Com o total de 12 cursos, o Academia Tech surgiu com o propósito de oferecer cursos inovadores, condizentes com a necessidade do mercado e alta qualidade de ensino. Para isso, foram realizados estudos e conversas com grandes empresas do ramo de tecnologia. O resultado é a oferta de cursos em áreas com alta demanda de mão de obra qualificada para os próximos anos, segundo rankings e pesquisas de instituições reconhecidas, como LinkedIn, Google e Robert Half Technology.

Disponíveis principalmente na modalidade EAD, os cursos contam com uma grade curricular atualizada, que possibilita o aluno a entrar no mercado de trabalho logo no primeiro ano de formação.  Além disso, o Academia Tech conta com cursos livres, preparatórios e complementares com certificação realizados em parceria com grandes empresas de TI, como AWS Academy, AWS Educate, Cisco Academy e Huawei Academy, que somados ao currículo do aluno, o ajudam no tão sonhado emprego na área.

O Academia Tech da Anhanguera quer suprir a demanda atual existente: segundo o Banco Nacional de Empregos (BNE), em levantamento realizado em 2020, o Brasil tinha em torno de 12 mil vagas em aberto para profissionais de tecnologia da informação (TI) em 26 estados. São 4.603 vagas a mais na comparação à oferta de 2019, um crescimento de 63%. Outro chamariz para a escolha dos cursos é a média salarial. Nos cursos oferecidos pelo Academia Tech, a média salarial varia entre R$ 2.190,25 a R$7.701,00, dependendo da área de atuação. Os cursos do Academia Tech já estão disponíveis para matrícula, no site academia-tech.anhanguera.com.

Confira abaixo quais são os cursos em alta no mercado e que compõem o Academia Tech:

CST em Redes de Computadores - Disponível na modalidade EAD com duração de 5 semestres. Forma profissionais para gerenciar, criar, implantar e manter projetos físicos e lógicos de redes de computadores e outros dispositivos.

Computação em Nuvem - Disponível na modalidade EAD com duração de 5 semestres.

Forma profissionais para desenvolver projetos em ambientes mistos, ser capaz de realizar análises de migração de serviços em nuvem e garantir a estabilidade e a segurança das plataformas em nuvem.

Cibersegurança - Disponível na modalidade EAD com duração de 5 semestres.

Forma profissionais para identificar vulnerabilidades em diferentes sistemas, buscando soluções e garantindo a segurança de dados da empresa onde irá atuar, de maneira a evitar que o sigilo de seus clientes seja violado.

Inteligência de Mercado e Análise de Dados - Disponível na modalidade EAD com duração de 5 semestres.

Forma profissionais para atuar em empresas de diferentes portes. Em seu dia a dia, usa a mineração e a análise de dados para relatórios ajudando empresas a compilar informações para um embasamento maior em tomadas de decisão estratégicas.

Ciência de Dados - Disponível na modalidade EAD com duração de 5 semestres.

Forma profissionais para coleta dados não-estruturados e passa para um formato útil para a empresa através de diferentes linguagens e técnicas de machine learning, processamento de linguagem natural e redes neurais.

Arquitetura de Dados - Disponível na modalidade EAD com duração de 5 semestres.

Forma profissionais para desenvolver e arquitetar sistemas distribuídos, combinar diferentes fontes de dados, criar a arquitetura de soluções, preencher bancos de dados analíticos, criar esquemas de tabelas e trabalhar com ferramentas para obtenção de dados em Data Warehouses.

DevOps - Disponível na modalidade EAD com duração de 4 semestres.

Forma profissionais que ajudarão na integração das áreas de TI e Negócios para otimizar as entregas e assim elas sejam feitas com qualidade e agilidade. Por isso, o curso é focado no desenvolvimento de softwares de forma ágil, utilizando ferramentas inovadoras para atuar nas áreas de sistemas e infraestrutura, operando em um ciclo integrado de planejamento, desenvolvimento, automação e serviço para obtenção de produtos.

Dev Back End - Disponível na modalidade EAD com duração de 4 semestres.

Forma profissionais capazes de dominar diferentes linguagens de programação, com foco no desenvolvimento de modo seguro em servidores e sistemas operacionais, conhecendo também sobre integração de webservices para programar, codificar e testar projetos criados.

Dev Mobile - Disponível na modalidade EAD com duração de 4 semestres.

Forma profissionais capazes de atuar no desenvolvimento de aplicativos ou sistemas para dispositivos móveis, considerando diferentes sistemas operacionais e atuando em todo o projeto de desenvolvimento, desde o planejamento dos recursos do aplicativo até a realização de configuração e testes em apps também para smartphones, tablets, TVs e incluindo o universo de games.

Dev Web - Disponível na modalidade EAD com duração de 4 semestres.

Forma profissionais para desenvolver Front-End, com capacidade para projetar, desenvolver, testar, implantar, manter e avaliar páginas para sistemas e-commerce, games, sites de Internet e intranets e aplicativos para plataformas móveis para a internet, com foco na experiência do usuário.

Análise e Desenvolvimento de Sistema - DES – Disponível na modalidade EAD, semi presencial e presencial com duração de 4 semestres

Forma profissionais para atuar nas áreas de Tecnologia da Informação e Sistemas. O curso é dividido em quatro pilares: Fundamentos, focando em matemática e toda parte de lógica e algoritmos; Técnico, com linguagens e decomposição de problemas; Ferramentas de programação e suas linguagens e Cultura, que foca em práticas ágeis.

Marketing Digital – Disponível na modalidade EAD e semi presencial com duração de 4 semestres

Forma profissionais para lidar com as ferramentas mais modernas da área.  O curso exige que o estudante tenha algumas características importantes para o curso: ter uma boa comunicação é um bom caminho, mas só isso não basta. É preciso estar sempre atento à comunicação digital, às mídias sociais, além de se interessar por temas voltados para publicidade, propaganda e marketing. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

08/04/2021
Huawei quer formar 2000 profissionais técnicos em FTTH até o final do ano

05/04/2021
Consultoria oferece 40 bolsas de estudo em Testes Automatizados de Software (Web e Mobile)

01/04/2021
Embrapii e IBM se unem para treinar 10 mil em TICs

24/03/2021
Centro Paula Souza e startup aceleram formação de alunos das Etecs e Fatecs em TI

24/03/2021
Cursos técnicos integrados respondem por apenas 8% dos alunos matriculados no ensino médio

22/03/2021
Santander Tecnologia e Inovação abre 100 vagas para IT Developer

19/03/2021
Governo e Microsoft lançam seis cursos online em nova Escola do Trabalhador

16/03/2021
Startup cria curso de ciência de dados para jovens talentos

12/03/2021
Governo abre curso online para programador com 6 mil vagas

10/03/2021
Google for Startups Accelerator forma turma 100% de empresas lideradas por mulheres

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Muito além do modismo. Muito prazer, Python!

Por Guilherme Lima*

Além de aumentar a produtividade do desenvolvedor, muitas vezes, a linguagem Python vai além de linguagens compiladas ou estaticamente tipadas, como C, C ++ e Java. É importante lembrar que o código Python tem, normalmente, de um terço a um quinto do tamanho do código C ++ ou Java, por exemplo. Isso significa que há menos para digitar, depurar e menos para manter após o fato.

Destaques
Destaques

TIC incorporou 59 mil novos profissionais e gerou 1,62 milhão de empregos em 2020

Apesar da adversidade econômica e social com a Covid-19, TIC manteve a empregabilidade em alta. "Respondemos à desoneração da folha de pagamentos cumprindo o que nos cabia. Gerar empregos", afirmou o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

Marcos Pontes: O Brasil dá muito pouco valor ao ensino técnico

Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação advertiu que no Brasil esse apoio está muito aquém do desejado. Marcos Pontes também defendeu a concessão de incentivo para a contratação de mestres e doutores pelas empresas privadas.

Receita Federal: Saiba como declarar jornada reduzida no Imposto de Renda

A maior parte dos funcionários do setor de TICs foi incluído no Benefício Emergencial de Preservação de Emprego e da Renda (BEm) em 2020 como medida para aliviar o impacto econômico da Covid-19. Fisco orienta como acertar as contas.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site