NEGÓCIOS

PMEs do Brasil estão longe da maturidade digital

Convergência Digital ... 09/09/2020 ... Convergência Digital

Um novo Estudo de Maturidade Digital das Pequenas Empresas 2020, encomendado pela Cisco e realizado em oito países, indica que as empresas de pequeno porte podem acrescentar US$ 2,3 trilhões ao PIB mundial até 2024, mas alerta que o nível de digitalização desse segmento no Brasil ainda é baixo. 

Segundo o estudo, 51% desses negócios se encontram no estágio inicial, que chama de Digital Indifferent ou Fase 1. Isto deixa o Brasil na 18ª posição no ranking de maturidade digital das pequenas empresas. A estimativa é que até U$ 9 bilhões podem ser somados ao PIB nacional até 2024 através da digitalização das pequenas empresas.

Para os pequenos empresários, entre as áreas mais impactadas pelas Covid-19, estão estilos de trabalho (14%), fluxo de caixa (14%), produção de vendas (13%) e produção (13%). Contudo, 96% das pequenas empresas dizem que a COVID-19 tornou seus negócios mais dependentes da tecnologia.

Para 81% a Covid-19 vai acelerar a digitalização dos negócios. Mas para 79%, esta aceleração se dará no patamar entre 11%-50%. Além disso, 62% das pequenas empresas acreditam que a digitalização de negócios é fundamental para sua organização se tornar mais resiliente no futuro.

Os pequenos empresários também estão reconhecendo o papel da digitalização na sua competitividade: 67% dizem que o principal motor para se transformar digitalmente é trazer novos produtos e serviços para o mercado, distanciar-se da concorrência e crescer.

Os entrevistados brasileiros também responderam sobre os principais desafios para digitalizar seus negócios, entre eles estão: a resistência cultural à mudança (18%), escassez de talentos e habilidades dentro da organização (17%) e falta de tecnologias necessárias para viabilizar a transformação digital (12%).

Os principais investimentos em soluções  tecnológicas que as pequenas empresas farão nos próximos 18 meses incluem soluções para ajudar os funcionários a trabalhar remotamente e/ou automatizar processos principais (44%), tecnologias digitais para melhorar as vendas online (44%) e  uma estratégia digital que os ajudará a navegar na crise com metas claras (42%).

A pesquisa foi realizada pelo IDC e analisou pequenas empresas no Brasil, Estados Unidos, Canadá, México, Chile, Reino Unido, Alemanha e França. Juntas, essas oito economias também podem ter um incremento de 5,5% e gozar de uma taxa de crescimento 42% mais rápida graças à maior digitalização de pequenas empresas.


Cloud Computing
AWS: Nuvem responde às exigências da LGPD

“A LPGD foi criada até pela expansão do uso dos dados, porque temos que nos preocupar muito quem acessa, como ele está armazenado, como está criptografado”, afirma Jorge Ruas, da AWS. 

Desafio nacional: identificar os dados efetivamente valiosos ao negócio

Pesquisa da IDC mostra que quase a metade companhias pesquisadas no Brasil admitiu ter dificuldade para encontrar talentos e recursos responsáveis pelas análises das informações.

Fintechs mostram sua força no cadastramento para o PIX

Banco Central revela que Nubank, Mercado Pago e PagSeguro foram as instituições com mais cadastros de chaves de identificação para o uso do pagamento instantâneo, a partir de 16 de novembro. Em nove dias, o Banco Central contabiliza 33,7 milhões de cadastramentos.

STJ: Uso de criptomoedas para lavar dinheiro é crime de competência estadual

Criptomoedas não são caracterizadas pelo Banco Central como moeda tampouco são consideradas valor mobiliário pela Comissão de Valores Mobiliários, portanto, o ministro Felix Fischer, do STJ, entendeu que não cabe à justiça federal julgar crimes envolvendo o ativo.

ABES: desoneração da folha é vital para manter empregos em software e serviços

O Brasil cresceu 10,5% em TI em 2019, e deverá, apesar da Covid-19 e da crise econômica, registrar um crescimento de 4% em 2020, afirmou o vice-presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira das Empresas de Software, Jorge Sukarie.

Transformação digital é mudar a mentalidade de produto para solução ao cliente

"Não precisamos da furadeira, mas, sim, do buraco na parede", exemplificou Thales Teixeira, fundador da decouping.co, ao revelar o impacto da jornada digital. Para Teixeira, a inovação está no modelo de negócios. "A tecnologia é só um motor", pontuou.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G