TELECOM

Anatel aplicou R$ 1 bilhão de multas em 2018, mas arrecadou R$ 140 milhões

Luís Osvaldo Grossmann ... 07/06/2019 ... Convergência Digital

Ao discutir a qualidade da telefonia, especialmente em estados da Região Norte, durante audiência na Câmara dos Deputados em 6/6, a Anatel revelou aos parlamentares ter aplicado mais de R$ 1 bilhão em multas ao longo de 2018, ano em que realizou 280 mil horas de fiscalização. Desse valor, cerca de R$ 140 milhões foram pagos. 

“No ano passado nos constituímos em termos de multas mais de R$ 1 bilhão. Muitas dessas multas acabam sendo questionadas judicialmente, o que é natural, mas no ano passado arrecadamos mais de R$ 140 milhões de multas. Comparados com os dados de 2016, vemos um crescimento de 10 vezes, tanto em termos de créditos constituídos quanto em termos de multas arrecadadas”, afirmou o superintendente de Controle de Obrigações da Anatel, Carlos Baigorri. 

Em 2016, a Anatel tinha constituído R$ 138,8 milhões em multas – tendo arrecadado naquele ano apenas R$ 11,1 milhões. Em 2017, a agência constituiu pouco mais de 1,7 mil multas que totalizaram R$ 83,6 milhões, tendo arrecadado R$ 25,6 milhões. Com o valor mencionado pelo superintendente de Controle de Obrigações, a agência aplicou em 2018 valores que não se via desde 2012/2013, anos em que as empresas foram sancionadas em R$ 1,02 bilhão e R$ 1,9 bilhão, respectivamente. 

Segundo Baigorri, em que pese a diferença entre as multas aplicadas e recebidas, a fiscalização está surtindo efeito. “Percebemos que graças às atuações de fiscalização e aplicação de sanções de multas nas empresas tivemos uma redução significativa na quantidade de reclamações nos nossos canais de atendimentos. Nos últimos dois anos a redução chega a algo em torno de 25%, o que sinaliza que estamos caminhando no sentido correto de aumentar a fiscalização e o sancionamento sobre as empresas”, afirmou. 


Internet Móvel 3G 4G
Agro 4.0 passa por recursos vindos da aprovação do PLC 79/16

Ministro Marcos Pontes diz que os aportes devem ficar entre R$ 20 e R$ 40 bilhões e boa parte dele virá da atualização do marco regulatório de Telecom, à espera de aprovação no Congresso Nacional. O governo lançou a Câmara do Agro 4.0 como parte do Plano Nacional de Internet das Coisas.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Silêncio positivo para antenas passa na MP da Liberdade Econômica, mas não como o mercado esperava

Serão os órgãos públicos- os responsáveis pela burocracia excessiva e que restringem a liberação da implantação - os responsáveis por determinar um prazo máximo de resposta. MP da Liberdade Econômica também mexeu em pontos da Lei trabalhista.

Unifique compra provedor Internet em Santa Catarina

Aquisição faz parte da estratégia da Telecom catarinense de ampliar sua área de expansão e conquistar 1 milhão de residências até 2025. Unifique, hoje, atende a 116 municípios do Estado de Santa Catarina.

Anatel tem quatro vagas para comitê de defesa dos usuários

São três vagas para representantes de usuários ou entidades de defesa do consumidor, além de uma para representante de entidades de classe de prestadoras de serviços de telecomunicações.

Huawei confirma investimento de R$ 3,2 bilhões até 2022 em São Paulo

Em comunicado, a fabricante chinesa diz que o aporte de US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões) acontecerá a partir de 2020 e engloba diversas iniciativas desde o suporte para a capacitação profissional de jovens em TICs até a manufatura de celulares 5G.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G