Home - Convergência Digital

Startups do Cubo Itaú têm mais de 500 vagas de trabalho em aberto

Da redação - 03/07/2020

Startups e empresas mantenedoras do Cubo Itaú, hub de empreendedorismo, estão com mais de 500 vagas de trabalho abertas, principalmente em áreas ligadas ao setor de tecnologia. Apenas a Dasa, parceira do hub na vertical Cubo Health, tem atualmente mais de 100 postos de trabalho disponíveis, em http://dasa.gupy.io/. Outra empresa que faz parte do portfólio do hub e também está com vagas disponíveis é a B3, a Bolsa do Brasil, que tem mais de 10 vagas abertas em áreas como Produtos e Clientes, Tecnologia e Operações. em http://jobs.kenoby.com/b3 .

As cerca de 300 startups do portfólio do Cubo e as 30 grandes empresas de diferentes segmentos do mercado que são parceiras do hub reúnem mais 400 vagas - com informações em http://cubo.network/jobs. Os números mostram como alguns setores estão conseguindo atravessar e crise decorrente da pandemia do novo coronavírus e oferecer oportunidades, abrir vagas e ampliar o quadro de funcionários efetivos e temporários. O principal deles é o de tecnologia - como forma de continuar as operações durante o isolamento social, migrar para o ambiente digital foi mais do que necessário para companhias de todo o país.

"É de extrema relevância mostrar que existe um mercado aquecido, que demanda e precisa contratar, mesmo em meio a tantas incertezas na economia", diz Renata Zanuto, co-head do Cubo Itaú. As oportunidades estão distribuídas entre diversas startups. A Now, que atua no setor supermercadista - um dos que mais apresentaram crescimento - tem 43 vagas abertas, que vão de executivo comercial de contas à compra e entrega de produtos de supermercado. A base salarial varia de acordo com cada cargo. Na BossaBox, marketplace que conecta projetos a freelancers, são quatro vagas abertas, para cargos como growth marketing e fata analyst.

O mesmo acontece com grandes empresas que fazem parte do Cubo Itaú e passam pelo processo de inovação aberta. Na Dasa, as 100 vagas são para o setor de tecnologia, e entre os profissionais procurados estão desenvolvedores, arquitetos de soluções, agilistas, QA Tester, engenheiro de dados, especialistas UX/UI e cientista de dados.

Em maio, já dentro do período de distanciamento social causado pela pandemia, o Cubo Itaú realizou a segunda edição do Cubo For Devs, com o objetivo de aproximar a comunidade de desenvolvedores ao universo do ecossistema de inovação. Quase 200 vagas de trabalho foram preenchidas em uma feira de contratações totalmente online. Para mais informações sobre vagas startups Cubo Itaú acesse: http://cubo.network/jobs

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/01/2021
BTG Pactual lança programa para recrutar jovens talentos

13/01/2021
Feira online oferece profissionais de TI ao mercado

12/01/2021
Plusoft abre vagas para desenvolvedores Java e Python e estágio em TI

10/12/2020
Startups abrem mais de 220 vagas de empregos em TI

09/12/2020
Startups Wayra abrem mais de 50 vagas em todo o país

08/12/2020
Feira online oferece mais de 150 vagas de estágio e emprego

26/11/2020
Google Brasil abre inscrições para programa de estágio em 2021

26/11/2020
Startup Zé Delivery usa LinkedIn para contratar em tecnologia

24/11/2020
Startup de soluções financeiras Dock tem 90 vagas em desenvolvimento de software

10/11/2020
Open Banking e PIX induzem consultoria a abrir 100 vagas na área de tecnologia

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site