Clicky

Home - Convergência Digital

Governos queriam acesso a mais dados de app de rastreamento da Apple e Google

Convergência Digital* - 20/05/2020

Autoridades de 23 países de cinco continentes - cujos nomes não foram revelados- estão buscando acesso à tecnologia de rastreamento de contatos da Apple e do Google, anunciaram as empresas nesta quarta-feira, 20/05, ao lançar a versão inicial do seu sistema.

A tecnologia da parceria Apple-Google permitirá aos governos criarem aplicativos para o registro dos usuários que ficaram próximos por pelo menos cinco minutos. Um usuário que mais tarde é infectado pelo vírus pode usar o aplicativo para notificar automaticamente e de maneira anônima as pessoas com quem teve contato recente.

Alguns governos elogiaram o sistema, que pode ajudá-los a testar e isolar mais indivíduos potencialmente infectados do que normalmente seriam capazes se dependessem apenas da memória dos pacientes das suas interações recentes.

Outros, porém, ficaram frustrados com as regras definidas pela Apple e pelo Google que restringem o poder de coletar a localização, os números de telefone e outros detalhes dos usuários. Algumas dessas autoridades estão desenvolvendo aplicativos usando tecnologia própria, o que segundo a Apple e o Google terão falhas e esgotarão as baterias dos dispositivos. As regras da Apple e do Google impedem que autoridades exijam o uso do aplicativo.

*Com Agência Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/01/2021
Signal e Telegram disparam no Brasil com repasse de dados do WhatsApp ao Facebook

11/01/2021
Menos de 30% das empresas admitem ter tecnologia para dar suporte ao trabalho remoto

11/01/2021
Trabalhadores têm estabilidade pelos meses que ficaram afastados por Lei da Covid-19

11/12/2020
MPT decide que Covid-19 é doença de trabalho

10/12/2020
Transações virtuais do auxílio emergencial superam saques no app Caixa Tem

03/12/2020
IBM alerta sobre ataques hacker na cadeia de distribuição de vacinas para Covid-19

03/12/2020
Claro promove Ideathon do Bem para soluções de combate à Covid-19

30/11/2020
Home office disparou o custo com contas de luz, de água e de Internet

30/11/2020
Coleta de dados pelas operadoras para combate à Covid-19 vai até o dia 31 de dezembro

18/11/2020
Governo determina pagamento integral do 13º de quem teve jornada reduzida pela Covid-19

Destaques
Destaques

Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

Segundo a mais recente análise da OpenSignal, TIM tem a rede de quarta geração com maior disponibilidade, 88,2%, à frente da Claro (79%) e Vivo (79,5%), Oi (70,2%). 

Um em cada quatro acessos móveis na América Latina será 5G até 2026

Nova edição do Relatório de Mobilidade da Ericsson aponta que até o final de 2020, mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo já estará usando 5G. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Previsões para 5G Core (5GC) e redes móveis em 2021

Por Ivan Marzariolli*

A maioria das teles com 5G escolheu o que é chamado de implementação “não autônoma”.  É um híbrido de 4G e 5G que permite oferecer muitos recursos 5G aos assinantes, enquanto ainda aproveita o investimento existente em seu core de pacote 4G. Operadoras estão ansiosas para aproveitar as vantagens do 5GC (SA ou autônomo) - maior agilidade de serviço e custos mais baixos.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site